DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Como escolher comedouros e bebedouros para cães e gatos

leave a comment »


Muitas pessoas compram vasilhas para água e comida do animal como escolhem camisas, coleiras ou outros acessórios: pela aparência, cores, marca. Mas um inocente comedouro de plástico pode levar seu cão ou gato a desenvolver alergias ou intoxicações. A escolha de vasilhas merece atenção. Mas com tanta variedade no mercado, como saber a melhor?

Plástico

O preço e beleza são os atrativos das tigelas de plástico, mas elas não são uma boa opção. O plástico tende a se dissolver na presença de água e outros líquidos, o que resulta em ingestão contínua de petroquímicos. Além do perigo para filhotes que frequentemente roem e engolem pedaços do comedouro de plástico e podem sofrer sérias obstruções e perfurações gastrointestinais. A desinfecção do comedouro ou bebedouro de plástico é complicada. Se aquecido no microondas ou lavado com água fervente – modos comuns de se matar bactérias- o recipiente plástico libera o BPA (Bisfenol A) um composto orgânico associado ao diabetes, câncer de mama, baixa contagem espermática e doenças crônicas – isto vale também para humanos. Microorganismos adoram se infiltrar nas ranhuras do fundo da tigela de plástico. O contato regular do animal com estas bactérias, podem aparecer falhas no pêlo e dermatites na região do focinho e da boca. Os gatos podem desenvolver um tipo de acne, caracterizada pela presença de pontinhos pretos ou purulentos no queixo. Por isso, cuidado com os comedouros e bebedouros de plástico.

Alumínio

Tigelas de alumínio são bonitas, costumam ser baratas e são mais fáceis de limpar do que as de plástico e liberam uma certa quantidade de alumínio na ração ou água, o que pode causar malefícios para a saúde do animal a longo prazo. Se o bichinho morder ou estiver desgastada a vasilha terá vários alojamentos para bactérias e precisará ser trocada.

Cerâmica

Vasilhas de cerâmica são boas opções pois mantêm a água fresquinha NE não são atraentes para filhotes e adultos mordedores. Se a vasilha de cerâmica não for polida, há necessidade de desinfetá-la diariamente para evitar proliferação de bactérias nos poros. Coloque água fervente e lave bem com detergente, ou aqueça no microondas por uns três minutos para matar microorganismos. Cerâmicas polidas e pintadas não oferecem locais para bactérias se alojarem e são fáceis de higienizar, deve-se tomar cuidado com tipos de tinta e verniz que podem ter chumbo  e podem causar intoxicação.

Inox  (ou aço inoxidável)

Essa é uma das melhores opções. Vasilhas de inox são bonitas, duráveis, resistem à mordidas e são bastante fáceis de lavar e desinfetar. Por não terem poros, as bactérias não ficam alojadas nas paredes, evitando problemas de pele e contaminações. Para higienização basta água quente e detergente. O preço é que não ajuda e costuma ser mais caro que outros materiais.

Vidro

As vasilhas de vidro, juntamente com as de aço inoxidável, são as mais higiênicas. Não tem poros, são elegantes e de fácil desinfecção (coloque no microondas, água e detergente). Normalmente são mais baratas que as de inox, mas necessitam de algum suporte ou base antiderrapante para evitar que se quebre durante as refeições. São ótimas para gatos. A dificuldade é encontrar vasilhas confeccionadas especialmente para pets.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: