DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Trabalho de observação de cães salva vidas

leave a comment »


DSC07215

A raiva é uma doença letal para o ser humano e a maneira mais adequada de combatê-la é vacinar os animais de estimação (cães e gatos) que convivem conosco e também os animais de grande porte (equinos e bovinos). Mas e quando um animal desconhecido ataca alguém, quais são os procedimentos adotados para assegurar a saúde dessa pessoa?

Em casos como este e mesmo aqueles em que o animal (cão ou gato) vive com o dono, mas foi mordido por ele, entra em cena um atendimento realizado pelo Centro de Controle de Zoonoses.

O funcionário Alexandre Coelho acompanha esse trabalho desde 2008. Ele ressalta que a sintonia com a Vigilância Epidemiológica é fundamental para que o resultado atinja o objetivo.

Quando uma pessoa procura atendimento médico em uma unidade de saúde por ter sido mordida por um animal, a Vigilância Epidemiológica é acionada. “A Vigilância encaminha para o CCZ uma notificação e a partir dela passamos a acompanhar o animal agressor por 10 dias. A VE acompanha o estado do paciente. Se nesse período não houver nenhuma manifestação de doença no animal, a pessoa atacada não precisa receber a vacina de prevenção contra a raiva”, explica Alexandre.

O funcionário ressalta ainda que, se o animal agressor for de rua, o CCZ faz uma busca na região onde houve o ataque e se ele for encontrado é recolhido para observação. Se o animal tiver dono, a observação é feita na casa.

grafico

Anúncios

Written by I.E.C - CCZ

17/09/2015 às 8:41 am

Publicado em LIVRE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: