DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Vai viajar?Confira as recomendações para viagens: Dengue, Zika, Chikungunya, Febre Amarela, Animais Peçonhentos.

leave a comment »


Independente do destino ou motivo da viagem é importante que o viajante adote medidas para reforçar a proteção contra o mosquito Aedes aegypti, como utilizar repelentes, manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida etc.
Ao chegar ao seu local de hospedagem (hotel, pousada, albergue e outros), verifique cuidadosamente se há algum criadouro do mosquito e elimine-o;
O risco de infecção por dengue, Chikungunya e vírus Zika podem ser reduzidos, se forem evitadas as picadas.
Hospede-se em locais que disponham de telas de proteção nas portas e janelas, especialmente se estiver longe das capitais, ou leve o mosquiteiro/cortinado como alternativa;
Em passeios eco turísticos, utilize roupas que protejam o corpo contra picadas de insetos e carrapatos, como camisas de mangas compridas, calças, meias e sapatos fechados;
Aplique repelente nas áreas expostas da pele, seguindo a orientação do fabricante;
Pessoas infectadas com os vírus Zika, chikungunya ou dengue são o reservatório de infecção para outras pessoas, tanto em casa como na comunidade. Portanto, a pessoa doente, deve seguir as medidas de proteção, evitando a propagação da doença.
No caso das gestantes, o Ministério da Saúde recomenda que elas façam um pré-natal qualificado e todos os exames previstos nesta fase, além de relatarem aos profissionais de saúde qualquer alteração que perceberem durante a gestação. É importante reforçar que, em qualquer situação, as gestantes precisam consultar seu médico antes de viajar e que é necessário um cuidado especial em viagens.
Medidas de prevenção pessoal para gestantes e mulheres em idade fértil com possibilidade de engravidar :

Evite ambientes com presença de mosquitos, sem as medidas de proteção recomendadas;
Sempre que possível utilize roupas que protejam a maior parte possível da superfície da pele;
Os repelentes à base de DEET, icaridin, ou picaridin e IR 3535ou EBAAP, são considerados seguros para uso durante a gestação;
Se houver qualquer alteração no seu estado de saúde, comunique o fato aos profissionais de saúde para acompanhamento da gestação;
Antes de fechar a casa para viajar, verifique cuidadosamente se há algum criadouro do mosquito e elimine-o.
Pessoas infectadas com os vírus Zika, Chikungunya ou Dengue são o reservatório de infecção para outras pessoas, tanto em casa como na comunidade. Portanto, a pessoa doente, deve seguir as medidas de proteção acima citadas. Evitando a propagação da doença.

Para estar protegido contra febre amarela, o viajante deverá ser vacinado no mínimo dez dias antes de sua viagem.
Para a emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia – CIVP não será válida a dose fracionada da vacina contra febre amarela.
A lista de países que exigem o certificado é divulgada pela Organização Mundial de Saúde – OMS. Verifique, também, as orientações emitidas para o seu país de destino.
Veja a seguir como evitar acidentes com animais peçonhentos.
Quem vai se hospedar em alguma casa que permaneceu fechada por muito tempo, também deve ter alguns cuidados antes de se estabelecer no local para descansar, orienta a cartilha elaborada pelo Ministério da Saúde sobre o tema.
Entre com cuidado em locais que ficaram fechadas por muito tempo;Bata os colchões antes de usá-los;
Sacuda cuidadosamente roupas, sapatos, toalhas e lençóis que ficaram do imóvel no período em que ele permaneceu fechado;
Afaste as camas das paredes e evite pendurar roupas fora dos armários;vede frestas e buracos em paredes e assoalhos.
Limpe o interior e os arredores da casa usando luvas, botas e calças compridas.
Evite o acúmulo de lixo, entulhos e materiais de construção próximo à casa;
Nunca coloque as mãos em buracos ou frestas (use uma enxada, um cabo de vassoura ou um pedaço comprido de madeira para mexer nos móveis);
Sempre use luvas ao fazer a limpeza de uma casa fechada por muito tempo;
Caso encontre algum animal peçonhento dentro de casa, afaste-se dele sem assustá-lo e entre em contato com os bombeiros ou com o centro de controle de zoonoses da sua cidade.
Fora de casa.
Se estiver fazendo um piquenique, verifique cuidadosamente a área em volta do local onde pretende estender a toalha;
Não monte acampamentos próximo de plantações (elas podem abrigar um grande número de roedores, o alimento favorito das cobras);
Não caminhe por regiões de mato alto sem usar calça comprida e botas;
Próximo a matas e na beira de estradas, evite deixar as portas do carro abertas, principalmente ao anoitecer. A mesma precaução vale durante a troca de pneus no acostamento;
Jamais pegue animais peçonhentos com as mãos, mesmo que eles pareçam mortos.
Se for picado.
Lave o local da picada com água e sabão;
Mantenha a vítima deitada e em repouso;
Evite que a vítima se locomova sozinha (para não favorecer a absorção do veneno);
Mantenha o membro picado mais elevado do que o restante do corpo;
Busque socorro médico imediatamente;
Se for possível (e seguro), leve o animal (mesmo morto) ao local de atendimento médico, para facilitar o diagnóstico;
Fonte: Saúde – iG @ http://saude.ig.com.br/minhasaude/2013-01-31/como-se-proteger-de-animais-peconhentos.html – Ministério da Saúde .

Written by I.E.C - CCZ

27/03/2018 às 9:45 am

Publicado em LIVRE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: