DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

FEBRE MACULOSA – CCZ RIO CLARO ORIENTA POLÍCIA AMBIENTAL DE 46 MUNICÍPIOS

leave a comment »


Representantes da Policia Militar Ambiental das Regionais de São José do Rio Preto, Pirassununga e  Piracicaba,  representando cerca de 46 municípios do Estado de São Paulo, estiveram reunidos  na manhã desta quarta feira, no auditório principal do Núcleo Administrativo Municipal – NAM,  para atualização de novas diretrizes de atuação.

O  Centro de Controle de Zoonoses que tem realizado orientações sobre Febre Maculosa em todas as palestras ministradas, recebeu convite do Te. Jatobá e a Chefe de Núcleo de Zoonoses  Solange Mascherpe, aproveitou a oportunidade do  evento para conscientizar os policiais sobre os sintomas, prevenção e principalmente, sobre a necessidade de informação aos médicos do contato com carrapatos ou da transição em áreas de risco; e assim, realizar exame específico para o diagnóstico da Febre Maculosa e o imediato   tratamento com antibióticos.

A infecção ocorre  através da picada do carrapato estrela ou micuim que eventualmente carrega a bactéria Rickettsia rickettsii nas suas glândulas salivares.

Os primeiros sintomas aparecem de dois a quatorze dias depois da picada. Na imensa maioria dos casos, sete dias depois. 

Sintomas –  Começam abruptamente, semelhantes aos de outras infecções: febre alta, dor no corpo, dor da cabeça, inapetência, desânimo. Depois, aparecem pequenas manchas avermelhadas, as máculas, que crescem e tornam-se salientes, constituindo as maculopápulas.

A maioria dos óbitos ocorrem pelo tratamento inadequado na ausência de informação ao profissional de saúde.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: