DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Archive for the ‘ANIMAIS PEÇONHENTOS’ Category

“VOCÊ E O MEIO AMBIENTE”

leave a comment »

EVENTO COMUNITÁRIO NO JARDIM DAS NAÇÕES-TERRA NOVA

A Prefeitura Municipal de Rio Claro através da Secretaria de Habitação realizou  neste sábado, 24,  na Quadra Principal do Jardim das Nações II o evento “Você e o Meio Ambiente”.
A ação teve por objetivo o envolvimento das famílias com ações ecológicas, com o bem estar social e que refletem diretamente na saúde dos moradores no bairro.
A Fundação Municipal de Saúde esteve  presente com equipe da Atenção Básica realizando aferição de pressão, teste de glicemia e doenças sexualmente transmissíveis e com agentes do Centro de Controle de Zoonoses que  expuseram  animais peçonhentos e orientaram  sobre  cuidados preventivos.
Houve  também Trilha Perceptiva organizada pela empresa Clarb, passeio de trenzinho para visitação à Estação de Tratamento da BRK, apresentações dos Grupos de Hip Hop do Claretiano e de Jiu Jitsu dos moradores do Edifício Polônia, além de delicioso lanche para os participantes.


Anúncios

CCZ TEM NOVO TEMA DE PALESTRA

leave a comment »

A Fundação Municipal de Saúde, através de sua equipe de educação e informação do CCZ, está ministrando a palestra: Lixo = Bicho – Animais e doenças relacionadas ao descarte incorreto de lixo – em escolas, igrejas, projetos, unidades de saúde.
Apenas no último mês, Solange Mascherpe e Daiana Carolina Joaquim  já levaram informações sobre os problemas relacionados ao lixo, para mais de 2.000 pessoas.
O objetivo é a conscientização do público sobre as doenças geradas e a diminuição de materiais descartados por ruas e terrenos da cidade.
Colabore: jogue lixo apenas em locais corretos.

II SAÚDE NO CÂMPUS

leave a comment »

De 24 a 26 de Julho a  UNESP Rio Claro convidou instituições de saúde  para trabalhos conjuntos no Câmpus da Universidade.

O evento visa cadastrar e informar os usuários sobre saúde e segurança no local, aproximando a comunidade e estudantes.

A Fundação Municipal de Saúde está participando com a presença do Centro de Controle de Zoonoses expondo e orientando sobre Animais Peçonhentos, diversas zoonoses como Febre Maculosa, controle do mosquito Aedes aegypti,  serviços do setor  e vacinando cães e gatos contra a Raiva;  equipes da Vigilância Epidemiológica estão  atualizando carteiras de vacinação para adultos e  realizando teste rápido para Hepatites B e C.

Outros serviços como:  aferição de pressão, cálculo de IMC, testagem para glicemia , orientações sobre descarte correto de medicamentos, postura e massagem, alimentação saudável e cadastramento para utilização do câmpus para caminhadas, também estão sendo prestados.

 

XVIII SIPAT POTENCIAL

leave a comment »

A equipe de Educação do CCZ, Solange Mascherpe e Daiana Carolina Joaquim,  estiveram  presentes  na XVIII Sipat da empresa Potencial orientando funcionários com a palestra Lixo = Bicho – Animais e doenças relacionadas ao descarte incorreto de lixo.
Estas orientações auxiliam na prevenção de diversas  zoonoses e animais peçonhentos.
Nossos agradecimentos à direção pela oportunidade da informação.

CCZ EM TREINAMENTO DA GUARDA AMBIENTAL

leave a comment »

Os municípios de Rio Claro e Cordeirópolis estão capacitando guardas municipais para também atuarem em questões ambientais.

A Guarda Civil Municipal de Rio Claro terá atuação ambiental com poder de polícia administrativa que possibilita a emissão de autos de infração às pessoas que depositarem resíduos sólidos de forma irregular.

O Centro de Controle de Zoonoses participou do treinamento com a palestra Lixo = Bicho – Animais e doenças relacionadas ao descarte incorreto de lixo, onde são abordados os diversos animais e doenças relacionadas, como  Dengue, Zika, Chikungunya transmitidas pelo Aedes aegypti que encontra nos inservíveis jogados aleatoriamente, locais ideais para procriação; além dos ratos e insetos que atraem cobras e animais peçonhentos, resultando em  grandes problemas para a saúde pública.

A conscientização da população é fundamental para o controle destas doenças e a Guarda Ambiental auxiliará no sentido de orientar e multar aqueles que ainda insistem em ações medievais de descarte em locais inapropriados.

 

CCZ NA SIPAT PERFORTEX

leave a comment »

A Empresa Perfortex Tintas, iniciou a semana de SIPAT e o CCZ esteve presente com a palestra LIXO= BICHO – Animais e doenças relacionadas ao descarte incorreto de lixo.

Com o grande enfrentamento de lixo jogado em ruas e terrenos da cidade,  a palestra tem o intuito de conscientizar as pessoas sobre o perigo que o descarte inadequado causa à saúde publica.

Jogar lixo nos terrenos favorece a proliferação de diversos bichos, insetos e animais peçonhentos. Basta um recipiente plástico jogado em um terreno, para que seja formado um verdadeiro criadouro de mosquitos da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre amarela.

Lixos atraem  ratos,  baratas e consequentemente  outros animais que alimentam-se destes, como  cobras,  escorpiões, entre outros; aumentando assim o número de acidentes com animais peçonhentos e a transmissão de diversas zoonoses.

É necessário  investir na conscientização da população a respeito da importância de adotar uma postura adequada em relação ao descarte de lixo.

 

 

 

CCZ ATUALIZA INFORMAÇÕES SOBRE FEBRE MACULOSA NA UNESP

leave a comment »

Visando evitar óbitos, CCZ orienta diversos setores municipais

Febre Maculosa é uma doença  com grande números de mortes em razão de seus sintomas serem semelhantes à outras  doenças,  como Dengue ou  Leptospirose.

A informação é fundamental para que  profissionais  de saúde sejam alertados e possam iniciar tratamento adequado.

O setor de educação do Centro de Controle de Zoonoses tem repassado informações sobre prevenção e tratamento da Febre Maculosas ao final de  todas palestras ministradas.

Solange Mascherpe, Chefe de Núcleo de Zoonoses e Daiana Carolina Joaquim, Agente de Endemias, participaram de Mini Curso sobre Carrapatos na UNESP, apresentado  pela Dra. Patricia Rosa de Oliveira , pelo Prof. Luiz Adriano Anholeto e professores da Esalq de Piracicaba. Esta  atualização sobre o tema,  tem como objetivo ampliar conhecimentos para serem repassados à população, evitando-se óbitos, como tem ocorrido em cidades vizinhas.

A doença começa abruptamente com um conjunto de sintomas semelhantes aos de outras infecções: febre alta, dor no corpo, dor da cabeça, inapetência, desânimo. Depois, aparecem pequenas manchas avermelhadas, as máculas, que crescem e tornam-se salientes.  A erupção cutânea é generalizada e manifesta-se também na palma das mãos e na planta dos pés;

Atraso no diagnóstico e, consequentemente, no início do tratamento pode provocar complicações graves, como o comprometimento do sistema nervoso central, dos rins e pulmões, das lesões vasculares e levar ao óbito.

Prevenção:

. Evite o contato com carrapatos. Se, por acaso, estiver numa área em que eles possam existir, como: beiras de lagos e rios, trilhas, pastos, parques, florestas, tome as seguintes precauções:

. Examine seu corpo cuidadosamente a cada três horas pelo menos, porque o carrapato-estrela transmite a bactéria responsável pela febre maculosa só depois de pelo menos quatro horas grudado na pele;

. Use roupas claras porque facilitam enxergar melhor os carrapatos;

. Coloque a barra das calças dentro das meias e calce botas de cano mais alto nas áreas que possam estar infestadas por carrapatos.

. Corte o mato e grama rente ao solo;

. Tenha cuidado ao retirar o carrapato que estiver grudado em sua pele: não esmague com as mãos ou unhas pois você pode adquirir a doença através de pequenos ferimentos na pele;

. Não se esqueça de que os sintomas iniciais da febre maculosa são semelhantes aos de outras infecções e requerem assistência médica imediata. Esteja atento ao aparecimento dos sintomas comuns a vários tipos de infecção e avise o médico para um  diagnóstico diferencial.

Não existe vacina contra a febre maculosa brasileira.