DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Archive for the ‘LEGAL PRA CACHORRO’ Category

Vacinação antirrábica em área urbana começa domingo em Rio Claro

leave a comment »

Rio Claro inicia no próximo domingo (22), a campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos no perímetro urbano. Vários postos de vacinação serão montados durante a realização da campanha, que segue até o dia 26 de agosto. A expectativa do Centro de Controle de Zoonoses, vinculado à Secretaria de Saúde, é de durante a campanha vacinar entre 15 e 20 mil animais.

As equipes já definiram os locais onde haverá postos de vacinação, que atenderão sempre nos finais de semana (sábado e domingo), das 9 às 16 horas. No total são 74 pontos, incluindo os distritos de Ajapi e Assistência.

Na zona rural a vacinação em cães e gatos já está sendo realizada desde abril por equipes que percorrem sítios e fazendas diariamente imunizando os animais. Com relação aos equinos e bovinos a vacinação deve ser providenciada pelos proprietários, adquirindo as doses do medicamento em agropecuárias.

Os locais e dias em que o CCZ realizará a campanha antirrábica podem ser conferidos pela internet no endereçohttps://cczrioclaro.wordpress.com/vacinacao-antirrabica/. O calendário de vacinação poderá ser alterado caso os trabalhos não possam ser efetuados por conta de chuvas. Eventuais mudanças serão divulgadas através da imprensa.

A raiva é uma doença viral que pode ser prevenida, geralmente é transmitida através da mordida de um animal infectado. A contaminação pelo vírus acontece através da saliva do animal infectado, principalmente pela mordedura, arranhadura, lambedura de mucosas. O vírus penetra no organismo, multiplica-se no ponto de inoculação, atinge o sistema nervoso periférico e, posteriormente, o sistema nervoso central. A partir daí, dissemina-se para vários órgãos e glândulas salivares, onde também se replica e é eliminado pela saliva das pessoas ou animais enfermos.

Anúncios

Written by I.E.C - CCZ

17/07/2018 at 8:06 am

CCZ usa armadilhas para monitorar mosquitos transmissores de doenças

leave a comment »

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) realizou a colocação de armadilhas para captura de insetos da família dos Flebotomíneos, incluindo-se nesse grupo os mosquitos transmissores da Leishmaniose Tegumentar e Visceral.

O trabalho se concentrou em três locais da cidade, Jardim das Palmeiras, região do Campo do Coxo (área rural) e bairro Águas Claras. As armadilhas por enquanto não detectaram a presença desses insetos.

Os mosquitos eventualmente capturados pelas armadilhas serão encaminhados para a Sucen- Superintendência de Controle de Endemias, responsável pela identificação dos insetos. Esse trabalho deve se estender por mais 3 semanas.

Os mosquitos transmissores da Leishmaniose Visceral ou Tegumentar vivem em ambientes escuros, úmidos e com acúmulo de lixo orgânico, folhas de árvores acumuladas em quintais e áreas de galinheiros. Suas fêmeas se alimentam de sangue, preferencialmente ao fim da tarde, para o desenvolvimento de seus ovos.

Indivíduos infectados com a Leishmaniose Visceral apresentam febre de longa duração, fraqueza, emagrecimento e palidez como sintomas. Fígado e baço podem ter seu tamanho aumentado, já que a doença acomete estes órgãos, podendo atingir também a medula óssea. O período de incubação é muito variável: entre dez dias e dois anos.

Já a Leishmaniose Tegumentar os sintomas são lesões na pele ou mucosas. As lesões de pele podem ser única, múltiplas, disseminada ou difusa. Elas apresentam aspecto de úlceras, com bordas elevadas e fundo granuloso, geralmente indolor. As lesões mucosas são mais frequentes no nariz, boca e garganta. Quando atingem o nariz, podem ocorrer entupimentos, sangramentos, coriza e aparecimento de crostas e feridas. Na garganta, os sintomas são dor ao engolir, rouquidão e tosse.

Usar repelentes quando estiver em região com casos de leishmaniose e armazenar adequadamente o lixo orgânico (a fim de evitar a ação do mosquito), além de não utilizar agulhas utilizadas por terceiros, são medidas individuais que diminuem a probabilidade de ser contaminado.

 

Mais de 300 donos deixaram de levar animais para castração

leave a comment »

O serviço gratuito de castração de cães e gatos oferecido pela prefeitura de Rio Claro somou de janeiro a maio 1.430 cirurgias. Outros 323 procedimentos deixaram de ser realizados nesse período porque os donos não levaram os animais ao Centro de Controle de Zoonoses conforme o agendamento. As faltas prejudicam e desorganizam o atendimento e, por isso, a Secretaria Municipal de Saúde reforça a orientação para que as pessoas colaborem e procurem levar seus animais no dia e hora marcados para a castração.

A diferença entre os agendamentos e as castrações realizadas só não é maior por conta dos encaixes feitos pelo Centro de Controle de Zoonoses, mas essa situação não é a ideal. Os donos devem marcar a cirurgia do animal com antecedência ligando para o número 3535-4441 ou 3533-7155, de segunda a sexta-feira das 7 às 16 horas.

Sobre vagas para encaixes, os interessados devem ligar 7h30 às 8 horas para saber se houve desistências. Nildes Ferreira, do Centro de Controle de Zoonoses, explica que os donos que forem tentar um encaixe devem preparar o animal na noite anterior. “O cão ou gato devem ficar sem alimentação a partir das 23 horas, apenas podedrão tomar água”, orienta. “Na manhã seguinte, o dono deve ligar das 7h30 às 8 horas para saber se há condições de encaixe e, em caso positivo, levar o animal até o CCZ ou, do contrário, pode voltar a alimentar o animal”, explica.

O Centro de Controle de Zoonoses fica na rua Alfa, Distrito Industrial, ao lado do canil municipal.

Zoonoses treina equipes para a Campanha de Vacinação

leave a comment »

A campanha de vacinação antirrábica na área urbana começa dia 22 de julho. Até lá as equipes do Centro de Controle de Zoonoses envolvidas nesse trabalho estão passando  por treinamentos que visam preparar os agentes na contenção dos animais e na aplicação das doses. Na sexta-feira (18) as equipes escaladas para a campanha estiveram na Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade percorrendo as casas da antiga colônia e as que estão localizadas no entorno da floresta. Uma bióloga, dois veterinários acompanhados pelo gerente do CCZ, Diego Reis, conduziram o treinamento que reuniu ao todo 28 agentes.

A vacinação na área rural continua em andamento no distrito de Itapé. A equipe que está percorrendo sítios e fazendas segue depois para as propriedades próximas da rodovia Washington Luiz, Fazendinha e também Horto de Camacuã. Os dias e locais da vacinação nestas localidades podem sofrer alteração.

Zoonoses define calendário da vacinação antirrábica urbana

leave a comment »

O Centro de Controle de Zoonoses já concluiu a elaboração do calendário da Campanha de Vacinação Antirrábica na zona urbana. A imunização de cães e gatos começa no sábado, dia 22 de julho e segue até o dia 26 de agosto. Em caso de chuva nas datas programadas a vacinação será transferida para os finais de semana do mês de setembro. Os postos de vacinação estarão atendendo a todas as regiões da cidade, em bairros específicos determinados pelos organizadores da campanha. Lembrando que os proprietários de gatos devem ter uma atenção recobrada. Eles devem ser conduzidos em caixas de transporte e de preferência com coleira peitoral.

Confira agora onde estarão os postos de vacinação durante a campanha:

DIA 22/07/2018 – DOMINGO

  1. CEU – Mãe Preta: (Centro de Artes e Esportes Unificados): Avenida 1 MP, Nº 156, VILA VERDE
  2. USF Mãe Preta: Avenida 1 MP com Rua 12 MP, MÃE PRETA
  3. Vila Industrial: Rua 4 VI com Avenida 3 VI, VILA INDUSTRIAL
  4. Praça em frente ao Tertulio’s: Avenida Brasil com Avenidas 86 A e 88 A, JARDIM PARQUE RESIDENCIAL
  5. Praça do Jardim América: Avenida 54 A com Ruas 4 JA e 5 JA, JARDIM AMÉRICA
  6. USB Vila Cristina: Avenida 58 A com Rua José Felício Castellano, VILA CRISTINA
  7. Projeto Bandeirantes (Antigo CRAS Bandeirantes): Estrada da Bomba, JARDIM BANDEIRANTES 

DIA 28/07/2018 – SÁBADO 

  1. Igreja Nossa Sra das Graças: Rua 10 A com Avenida 40 A, VILA NOVA
  2. Praça: Avenida 24 A com Avenida Ulysses Guimarães e Rua 10 A, VILA ALEMÃ
  3. Grêmio da Bela Vista: Avenida 8 A com Rua 14 B, VILA BELA VISTA
  4. Praça em frente ao DAAE: Avenida 8 A, VILA INDAIÁ
  5. Praça próxima ao Shopping Center: Avenida Navarro de Andrade com Avenida 7 A, CIDADE NOVA
  6. Escola Dante Egreggio: Rua P 4 com Avenidas P 23 e P 25, VILA PAULISTA
  7. Igreja Evangélica Rioclarense: Avenida P 37 com Ruas P 3 e P 4, JARDIM CONDUTA

DIA 29/07/2018 – DOMINGO 

  1. Escola José Cardoso: Rua 9 C com Rua 16, ARCO ÍRIS
  2. Quadra Poliesportiva: Rua 6 JA com Rua 3, ARCO ÍRIS
  3. Escola Sylvio de Araújo: Rua 9 A com Avenidas 72 A e 74 A, VILA SÃO MIGUEL
  4. Anel Viário: Anel Viário com Avenida 70 A – VILA SÃO MIGUEL
  5. Escola Djiliah Camargo de Souza: Rua 4 A com Avenida 42 A, JARDIM IPÊ
  6. USF Ajapi: Rua 4 com Avenidas 1 e 3, AJAPI 

DIA 04/08/2018 – SÁBADO

  1. Praça: Avenida BNH com Rua 13 e Avenida 50, VILA ELIZABETH BNH
  2. Escola Monsenhor Martins: Avenida 36 com Ruas 5 e 6, VILA OPERÁRIA
  3. Praça da Igreja Santana: Rua 9 com Avenidas 30 e 32, SANTANA
  4. Associação de Bairros: Avenida 17 JW com Rua 9 JW, JARDIM BONSUCESSO
  5. USF Bonsucesso/Novo Wenzel: Rua 6 com Avenida 13 JW, JARDIM NOVO WENZEL
  6. CRAS Bonsucesso/Novo Wenzel: Rua 5 JW com Avenidas 1 JW e 2 JW, BOM RETIRO
  7. Projeto “Estação Do Bem”: Rua 23 NR com Avenidas 1 NR e 3 NR, JARDIM NOVA RIO CLARO 

DIA 05/08/2018 – DOMINGO 

  1. USF Terra Nova: Avenida Marginal com Rua 15 JN, TERRA NOVA
  2. USF Jardim Novo: Rua 8 JN com Avenida 3 JN, JARDIM NOVO I
  3. Escola Sebastião Ambrózio: Avenida 2 JN com Ruas 7 JN e 8 JN, JARDIM NOVO II
  4. Escola CAIC: Avenida 18 BR com Estrada dos Costas e Rua 5 BR, JARDIM BRASÍLIA
  5. USF Guanabara: Rua 9 JG com Avenida 1 JG, JARDIM GUANABARA
  6. Praça do Inocoop: Avenida Tancredo Neves com Ruas 1 JI e 2 JI, JARDIM INOCOOP
  7. USF Palmeiras: Rua 8 JP com Avenida 7 JP, JARDIM DAS PALMEIRAS 

DIA 11/08/2018 – SÁBADO

  1. Praça em frente à Padaria Claret: Rua 14 com Avenidas 12 e 14, CIDADE CLARET
  2. Cemitério São João Batista: Rua 16 com Avenidas 19 e 23, CONSOLAÇÃO
  3. Escola Antonio Maria Marrote: Rua 17 BE com Avenidas 29 e 31, BAIRRO DO ESTÁDIO
  4. Praça Jardim Mirassol: Avenida 4 com Ruas 22 e Rua 23, JARDIM MIRASSOL
  5. Jardim Maria Cristina: Avenida 18 JC com Ruas 9 JC e 11 JC, JARDIM MARIA CRISTINA
  6. USF Benjamin De Castro: Avenida 8 JC com Avenida 10 JC, JARDIM CENTENÁRIO
  7. Terreno Jardim Paulista I: Rua 30 com Avenida 13, JARDIM PAULISTA I 

DIA 12/08/2018 – DOMINGO

  1. UBS Cervezão: Avenida M 17 A com Rua M 9, JARDIM INDEPENDÊNCIA
  2. Escola Victorino Machado: Avenida M 27 com Rua M 9, PARQUE DAS INDÚSTRIAS
  3. Praça da Igreja Imaculado Coração de Maria: Rua M 7 com Avenidas M 23 e M 25, PARQUE DAS INDÚSTRIAS
  4. Lagoa Seca: Avenida M 21 com Rua M 18, JARDIM CERVEZÃO
  5. Escola Antônio Sebastião da Silva: Rua M 17 com Avenidas M 25 e M 27, PARQUE DAS INDÚSTRIAS
  6. Praça da Igreja Assembléia de Deus: Rua M 20 com Rua M 22, JARDIM IPANEMA
  7. USF Panorama: Avenida 64 PA com Rua 24 PA, RECANTO PARAÍSO

 

DIA 18/08/2018 – SÁBADO

  1. Igreja da Aparecida: Rua 2 A com Avenidas 28 e 30, VILA APARECIDA
  2. Praça Vila Saibreiro: Ruas Saibreiro II e Saibreiro III com Avenida 40, VILA SAIBREIRO
  1. Praça Próxima à Padaria La Baguette: Rua M 4 com Rua M 4 A e Avenida M 17, VILA MARTINS
  2. SESI: Avenida M 29 com Rua 3 JF, JARDIM FLORIDIANA
  3. Praça em frente ao SENAI: Avenida 46 com Ruas 3 e 4, JARDIM PORTUGAL
  4. Terreno: Avenida 3 RP com Ruas 2 e 4, JARDIM REGINA PICELLI
  5. USF Assistência: Avenida 1, ASSISTÊNCIA

DIA 19/08/2018 – DOMINGO               

  1. Escola Mitiko Matsushita Nevoeiro: Avenida M31 com Ruas 8 e 10, JARDIM SÃO JOÃO
  2. USF Jardim das Flores: Avenida M 51 com Rua 6, JARDIM DAS FLORES
  3. Jardim Progresso: Rua M 22 com Avenida M 45, JARDIM PROGRESSO
  4. Canteiro: Rua 2 JZ com Avenida Paulista II, JARDIM AZUL
  5. Praça da Caixa D’Água: Avenida 66 JCA com Ruas 15 e 16, JARDIM ARAUCÁRIA
  6. Escola Santo Antônio: Avenida 56 com Ruas 10 e 11, JARDIM OLINDA

DIA 25/08/2018 – SÁBADO

  1. Campo do Rio Claro: Rua 9 com Avenida 29, CIDADE JARDIM
  2. Escola Michel Antonio Alem: Avenida 13 com Ruas 18 e 19, JARDIM CLARET
  3. Igreja Santo Expedito: Avenida 61 com Rua 20 I, JARDIM ITAPUÃ
  1. Praça da Igreja Bom Jesus: Avenida da Saudade com Ruas 11 e 12, BAIRRO DO ESTÁDIO
  2. Escola Dr Paulo Koelle: Rua 12 com Avenidas 5 e 7, VILA DO RÁDIO
  3. Colégio Koelle: Avenida 16 com Ruas 4 e 5, CENTRO
  4. Cemitério Evangélico: Avenida 23, Ruas 6 e 7, JARDIM DONANGELA 

DIA 26/08/2018 – DOMINGO 

  1. USF Jardim Boa Vista/Nosso Teto: Avenida 88 BV com Ruas 19 BV e 20 BV, JARDIM BOA VISTA
  2. USF Santa Eliza: Rua 25 SE com Avenidas 42 SE e 48 SE, JARDIM SANTA ELIZA
  3. Escola Samira Assêncio Savoldi: Rua 28 SE com Avenida 40 SE, JARDIM SANTA ELIZA
  4. Terreno Jardim Santa Maria: Avenida 80 BV com Rua Jacutinga, JARDIM SANTA MARIA
  5. UBS WenzeI: Rua 21 com Avenidas 60 e 62, WENZEL
  6. Praça em Frente ao Supermercado Dia: Rua Jacutinga com Avenidas 42 e 44, PARQUE UNIVERSITÁRIO

 

 

Vacinação antirrábica na área rural começa em abril

leave a comment »

A Campanha de Vacinação Antirrábica na zona rural tem previsão de início para 23 de abril. Equipes do Centro de Controle de Zoonoses estarão percorrendo sítios e fazendas vacinando cães e gatos. Animais de grande porte como equinos e bovinos devem ser vacinados pelos proprietários.

Em 2017 durante a campanha rural, a Zoonoses vacinou 3.114 cães, 842 gatos, num total de 3.956 animais. Terminada a vacinação rural, o CCZ começa a trabalhar o calendário da vacinação urbana. A cidade terá vários pontos de vacinação durante os finais de semana. Os proprietários poderão levar seus animais até um local mais próximo de sua residência. Para os que irão levar gato nos pontos de vacinação, a Zoonoses solicita que ele seja colocado em caixas de transporte para evitar fugas já que trata-se de um animal cuja contenção é mais difícil.

Para estarem aptos a imunizar os animais, os agentes foram treinados durante esta semana a utilizarem equipamentos de contenção. Isso evita acidentes no momento da vacinação. Também fizeram treinamento na aplicação das doses. A maioria dos agentes da equipe já trabalhou em campanhas anteriores e domina a técnica. Ainda assim também fizeram parte do treinamento.

Alunas de veterinária visitam a zoonoses para formular projeto acadêmico

leave a comment »

As alunas Rejane e Karin do quarto ano de medicina veterinária da Faculdade Anhanguera de Leme estiveram visitando o Centro de Controle de Zoonoses. Elas conheceram o centro cirúrgico, os equipamentos utilizados para esterilização dos instrumentos, o canil onde estão cães em observação e a parte administrativa.

A visita teve como objetivo captar informações para um trabalho acadêmico e foi monitorada pela médica veterinária Maria Emilia Canoa Godoy e a Agente de Zoonoses, Bruna Sanches.