DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘ação

CCZ redobra os cuidados com a dengue no Dia das Mães

leave a comment »

13 05 18

IMG-20180508-WA0015

 

 

 

 

 

 

 

Uma ação conjunta entre o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Fundação Municipal de Saúde e a administração dos cemitérios da cidade visando o combate ao Aedes aegypti será realizada neste domingo, dia 12 de maio, quando se comemora o Dia das Mães. Doze agentes da Zoonoses estarão das 8h00 às 17h00 fazendo um trabalho de orientação junto aos visitantes e recolha de material que acumule água. O objetivo é evitar que, em decorrência do grande movimento de pessoas nos jazigos, aumente o número de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

Espera-se neste domingo um movimento de cerca de 40 mil pessoas no Cemitério São João Batista, 5 mil no Cemitério das Palmeiras e outras 1,5 mil no Cemitério Evangélico.

Faixas, cartazes, folhetos e alertas serão fixados nos cemitérios em locais visíveis incluindo as lixeiras indicando que o acúmulo de água em vasos de plantas e embalagens plásticas pode representar um perigo para a saúde, já que são considerados criadouros do mosquito.

A recomendação para as pessoas que irão homenagear os mortos enfeitando com flores seus túmulos é para que joguem fora, nas lixeiras espalhadas pelos cemitérios, as embalagens plásticas que envolvem os vasos. A água parada em pequenos locais pode servir de abrigo para os ovos e larvas do mosquito.

As pessoas também devem ficar atentar com relação aos pratinhos utilizados nos vasos de plantas. Eles devem estar furados ou preenchidos com areia para não permitir a proliferação do mosquito da dengue.

Anúncios

São Paulo lança plano estadual de combate à dengue

leave a comment »

Campanha em rodovias e nos municípios irá alertar sobre o risco oferecido pelo mosquito e convocará população a participar das ações

 

O Governador do Estado anunciou uma campanha de combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue,  chikungunya e zika vírus. Entre as ações de destaque do Plano Estadual está a campanha publicitária da Secretaria de Comunicação (Secom) para alertar a população sobre o risco oferecido pelo mosquito, assim como a importância da participação popular na prevenção.

A campanha publicitária terá uma identidade visual criada especialmente para esta ação. Além das mídias tradicionais de rádio e televisão, a campanha vai considerar as mídias digitais,  como Facebook, Instagram, Twitter e WhatsApp, que terão conteúdo voltado ao tema. Para facilitar as ações de campo coordenadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), também serão providenciados materiais impressos sobre prevenção ao Aedes.

A Secretaria da Saúde preparou uma mobilização para fevereiro para envolver a sociedade e os municípios em torno da necessidade de eliminação de focos do mosquito. Entre 11 e 16 de fevereiro será realizada a Semana Especial, em parceria com os municípios, com ações coletivas, como arrastões, limpezas e eliminação de criadouros, além de distribuição de materiais informativos.

O plano prevê ações integradas com outras pastas e órgãos estaduais, como Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), que fará a distribuição de panfletos em algumas praças de pedágio, além de inserir mensagens de orientação sobre combate ao Aedes nos letreiros das rodovias.

Ações de conscientização

Também está previsto para o dia 13 de fevereiro o “Dia D” de limpeza nas margens das rodovias para retirada de pneus, entulhos e outros itens que podem ser potenciais criadouros do mosquito.

Agentes da Defesa Civil farão, ao longo de fevereiro, ações especiais com profissionais da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) em cidades consideradas prioritárias, de acordo com os índices de infestação.

Em 16 de fevereiro, as Secretarias da Saúde e do Meio Ambiente farão uma ação de combate contra o Aedes aegypti e de conscientização nos parques estaduais, com apoio da Sucen e distribuição de materiais informativos.

Em parceria com a Educação, será realizado em fevereiro o Dia Especial de combate ao mosquito nas escolas estaduais, com mobilização dos alunos para “caça” a possíveis criadouros. A Secretaria da Saúde estuda, ainda, a criação de um “selo de qualidade” a ser entregue aos municípios que reduzirem ou mantiverem índices de infestação de larvas do mosquito em níveis satisfatórios.

Zoonoses faz ação no centro alertando sobre o Aedes aegypti

leave a comment »

Mobilizar e sensibilizar a população a respeito da prevenção de doenças como dengue, zika, chikungunya e febre amarela, bem como do combate ao mosquito Aedes aegypti é o objetivo da ação que acontece nesta manhã no centro da cidade. Agentes do Centro de Controle de Zoonoses estarão entregando aos pedestres e motoristas folhetos de orientação que servem como um alerta para evitar o avanço dessas doenças no município. Neste Dia D de combate ao mosquito o mais importante é a contribuição de todos para acabar com os fotos do Aedes, eliminando criadouros.

Além das ações junto a população, no total, 210 mil unidades públicas e privadas no país estão sendo mobilizadas, sendo 146 mil escolas da rede básica, 11 mil centros de Assistência Social e 53 mil unidades básicas de Saúde.

Dalton Pereira da Fonseca Jr, superintendente da SUCEN, que controla as epidemias, alertou a população para redobrar a atenção no Verão.

Segundo o Ministério da Saúde, até o dia 3 de novembro foram notificados 224 mil casos de dengue em todo o país, uma pequena redução em relação ao mesmo período de 2017. O número de óbitos também foi menor.

Written by I.E.C - CCZ

30/11/2018 at 6:51 am