DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘casos

Prefeitura inaugura nova sede do Centro de Controle de Zoonoses

leave a comment »

Serviço atua na prevenção e combate de doenças transmitidas por animais aos humanos

Rio Claro inaugura no sábado (11) novo prédio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). “Com a mudança, o serviço terá melhor estrutura para desenvolver seu trabalho e o novo espaço oferece melhores condições de trabalho aos servidores”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

O CCZ desenvolve o trabalho preventivo e de combate a doenças transmitidas por animais aos humanos. Entre elas estão as arboviroses, que incluem dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela. “A realização de trabalho preventivo é fundamental para que sejam evitados casos das doenças e o Centro de Controle de Zoonoses cumpre importante papel”, observa Maria Clélia Bauer, secretária de Saúde.

O novo prédio será base para todas as equipes que atuam no combate a zoonoses no município, diferente do que acontece hoje. Haverá também uma sala destinada ao trabalho da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen).

Além do controle de arboviroses, o CCZ atua no controle populacional de cães e gatos, com serviço de castração gratuita, e vacinação antirrábica. Conforme informa Diego Reis, gerente do CCZ, esses dois serviços, de vacinação e castração, continuarão sendo feitos no Distrito Industrial.

Anúncios

Neste sábado Zoonoses faz arrastão no Panorama e Recanto Paraíso

leave a comment »

Segundo dados divulgados pela Vigilância Epidemiológica durante a reunião do Comitê de Antropozoonoses, Rio Claro possui até o momento, 6 casos confirmados de Dengue e outros 48 sendo investigados. Dos casos positivos, dois foram registrados no Jardim Santa Elisa, um no Distrito de Assistência, outro em Ajapi, 1 caso no centro da cidade e por último, um caso considerado importado, da cidade de Praia Grande. O boletim informa ainda que 7 casos de Chikungunya estão sendo investigados e não há casos positivos. O vírus Zika até o momento não foi detectado em Rio Claro.

A Chefe de Núcleo de Combate ao Aedes, Maria Júlia Guarnieri Baptista informou que o Centro de Controle de Zoonoses tem intensificado bastante os trabalhos de busca por criadouros. De 1º de fevereiro até 20 de março foram visitados 22.950 imóveis no trabalho casa a casa. No mesmo período, os arrastões feitos aos sábados percorreram outros 5.382 imóveis. Neste sábado, dia 24, os agentes estarão nos bairros Recanto Paraíso e Panorama retirando todo material inservível encontrado em terrenos, casas e estabelecimentos. O trabalho começa às 8h00.

IEC aproveita reunião para tratar com educadores sobre Raiva Animal

leave a comment »

Aproveitando uma reunião que aconteceu esta manhã com os coordenadores das escolas municipais de Rio Claro, o IEC, Departamento de Informação, Educação e Comunicação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) deu seu recado com relação a situação do município em relação aos casos de raiva animal.

Rio Claro vem registrando vários casos de animais de grande porte (equinos e bovinos) atacados pela doença. A contaminação desses animais é fator de risco para o ser humano, já que o contato com as secreções do cavalo ou boi doentes, pode transmitir o vírus. A doença também pode ser transmitida se os animais de grande porte tiverem contato com os domésticos (cães e gatos). Por isso a concentração das ações do CCZ está em impedir que a doença avance.

Os coordenadores, como agentes de informação junto aos pais e alunos, podem auxiliar o Centro de Controle de Zoonoses nesse trabalho de combate à raiva.

reunião com coordenadores_raiva (3)

reunião com coordenadores_raiva (4)

Raiva animal leva Zoonoses até Batovi para falar com alunos

leave a comment »

Casos da doença estão concentrados em animais de grande porte

 

Cerca de 100 alunos da escola Denisard França, no distrito de Batovi, em Rio Claro, receberam esta manhã a equipe do IEC- Informação, Educação e Comunicação, do Centro de Controle de Zoonoses. A palestra feita para as crianças foi direcionada à raiva animal, uma doença que está preocupando o setor de saúde da cidade, já que vários casos da doença em equinos e bovinos já foram confirmados pelo Instituto Pasteur.

A maioria dos alunos da escola Denisard pertence a famílias que moram na zona rural do município e que estão mais próximas dos morcegos hematófagos, espécie que ataca rebanhos e que pode transmitir a doença. Atentos, os alunos assistiram aos slides, fizeram muitas perguntas sobre a doença e depois assistiram a um vídeo que mostra como a Turma da Mônica, criação de Maurício de Souza, está protegendo os animais de estimação contra a raiva.

Para completar o trabalho de informação, o IEC distribuiu entre as crianças um folheto que explica o que é a raiva, como ela se manifesta e o que podemos fazer para que os animais fiquem protegidos.

A palestra faz parte de um trabalho de intensificação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) no combate à doença para impedir seu avanço na cidade. A campanha de vacinação contra a raiva este ano será antecipada. A data do início da vacinação em massa ainda deve ser confirmada. Independente da campanha, os donos de animais domésticos (cães e gatos), podem procurar o CCZ (Rua Alfa, s/nº, Distrito Industrial) ou ainda o Canil Municipal (linha férrea da avenida 8, centro), para vacinar gratuitamente seus animais. Qualquer dúvida o CCZ coloca o seu telefone à disposição: 3527-0309 ou 3535-4441.

Já os proprietários de animais de grande porte que ainda não providenciaram a vacina em seus animais, devem adquiri-las em Casas Agropecuárias. Dúvidas sobre a vacinação em equinos e bovinos os pecuaristas podem entrar em contato com a Casa da Agricultura (órgão estadual), localizada na Rua 3-A, número 903, entre as Avenidas 38-A e 40-A, na Vila Alemã.

Denizer morcegos 29 04 14 (1)

Denizer morcegos 29 04 14 (4)

Ações de combate à Dengue são ampliadas em Rio Claro

leave a comment »

Número de doentes aumenta e casos se espalham pela cidade

Já chegou a 73 o número de casos de doentes diagnosticados com a dengue em Rio Claro este ano. O número parece pequeno diante de outras cidades do interior de São Paulo, mas a velocidade da reprodução do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, preocupa as autoridades já que com a circulação do inseto e a chegada da chuva, o número de casos pode aumentar consideravelmente nas próximas semanas. Por isso várias ações têm sido realizadas pela Fundação Municipal de Saúde através do departamento de Informação, Educação e Comunicação (IEC), do Centro de Controle de Zoonoses.

Além de intensificar as palestras em escolas, associações de bairros e projetos sociais, o IEC tem realizado panfletagem em bares e restaurantes  nos bairros onde há maior número de doentes. Esta semana o carro de som está circulando pela cidade alertando os moradores sobre o perigo dos criadouros que estão dentro das residências e os sintomas da doença. Também foram colocados cartazes e faixas chamando a atenção para o problema no terminal rodoviário por onde circula um grande número de pessoas todos os dias e ainda no campus da Unesp da Bela Vista. Os agentes que trabalham diariamente na busca ativa de ovos e larvas do mosquito também intensificaram as ações, assim como as equipes de nebulização.

Os casos da doença registrados em Rio Claro estão distribuídos por vários bairros. Latas, pneus, garrafas espalhados pelo quintal ou ainda vasos de plantas podem estar favorecendo a colocação dos ovos do mosquito, que se transformam em larvas. Depois de cinco dias já há infestação do Aedes aegypti dentro das residências. O vírus provoca fortes dores pelo corpo e pode matar. As pessoas contaminadas podem ter dor de cabeça , dor na região dos olhos, febre alta, dores de barriga, vômito, falta de apetite e pequenas manchas vermelhas pelo corpo. Apenas um desses sintomas já pode ser um indício da doença. Por isso a recomendação é procurar sempre atendimento médico,  ainda que tenha apenas uma forte dor de cabeça e iniciar imediatamente a hidratação do corpo, com soro e líquidos (água, sucos, chás).

Dengue 23.04 (2)

Dengue 23 04 14 (1)

Dengue 23 04 14 (9)

DSC03245

DSC03246

DSC03250