DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘cemitério

Dos imóveis previstos em vistoria 100% foram visitados pelo CCZ

leave a comment »

A equipe do Centro de Controle de Zoonoses responsável pelas vistorias em Pontos Estratégicos (borracharias, oficinas mecânicas, empresas, ferros velhos, floriculturas e cemitério) atingiu 100% das visitas previstas em maio. Foram 135 imóveis visitados no mês. Na grande maioria deles foram recolhidas larvas do Aedes aegypti e verificados vários pontos considerados de risco, onde há acumulo de água.

Com relação aos Imóveis Especiais (escolas, unidades de saúde, hospitais, prédios públicos, igrejas, shopping centers) foram feitas 44 vistorias, das 45 previstas para maio, resultando num percentual de 97,78% de cobertura.

A positividade para Aedes em Pontos Estratégicos  ainda é preocupante. Segundo estudo publicado na Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia em 2017, a importância desses locais na dispersão dos insetos alados é conhecida e pode variar durante a época do ano, dependendo de fatores socioambientais, estruturais ou até mesmo econômicos ou políticos. Devido à natureza altamente infectante dos insetos vetores, as atividades de controle e vigilância são centradas nos criadouros potenciais do mosquito detectados nas atividades de visitas de casa a casa, nos Imóveis Especiais e também nos Pontos Estratégicos.

 

CCZ REALIZANDO ORIENTAÇÕES CONTRA O MOSQUITO NOS CEMITÉRIOS

leave a comment »

No próximo domingo, Dia das Mães, agentes do Centro de Controle de Zoonoses estarão nos cemitérios orientando a população sobre criadouros de mosquitos.
Mas os trabalhos já começaram com a fixação de cartazes, lixeiras e faixas inf
ormativas.
Colabore: elimine qualquer local que possa reter água e que sercem de “berços”para os mosquitos.

Cuidado redobrado com a dengue no Dia dos Pais

leave a comment »

Uma ação conjunta entre o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Fundação Municipal de Saúde e a administração dos cemitérios da cidade foi realizada esta semana com o objetivo de evitar que, em decorrência do grande movimento de pessoas nos jazigos neste domingo, Dia dos Pais, aumente o número de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. O IEC- departamento de Informação, Educação e Comunicação do CCZ distribuiu faixas, cartazes, folhetos e alertas para serem fixados nos cemitérios em locais visíveis incluindo as lixeiras indicando que o acúmulo de água em vasos de plantas e embalagens pode representar um perigo para a saúde, já que são considerados criadouros do mosquito.

A recomendação para as pessoas que irão homenagear os mortos enfeitando com flores seus túmulos é para que joguem fora, nas lixeiras espalhadas pelos cemitérios, as embalagens plásticas que envolvem os vasos. A água parada em pequenos locais pode servir de abrigo para os ovos e larvas do mosquito. O IEC, departamento de Informação, Educação e Comunicação do CCZ também alertou as floriculturas para que orientem os clientes informando sobre a importância de retirar o plástico dos vasos.

As pessoas também devem ficar atentar com relação aos pratinhos utilizados nos vasos de plantas. Eles devem estar preenchidos com areia para não permitir a proliferação do mosquito da dengue.

 

DSC00753

Cemitério 07 13 (11)

 

Cemitério 07 13 (17)