DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘cobra

JIBOIA RESGATADA

leave a comment »

Atendendo solicitação, equipe do CCZ resgatou esta jovem jiboia (Boa constrictor) e a soltaram em local apropriado.
O desmatamento, a invasão do seu habitat natural e lixo que atrai roedores, fazem com que estes animais apareçam cada vez mais em áreas urbanas.
Ao encontrar um animal silvestre, não maltrate, não toque, não mate.
Procure os serviços especializados.
Anúncios

Zoonoses faz trabalho de prevenção em escolas

leave a comment »

Setenta e cinco crianças do programa Educação Integral, da Escola Sylvio de Araújo receberam a equipe da Zoonoses para conhecer um pouco mais sobre o perigo que representa o acúmulo de lixo em local inapropriado e também a presença de criadouros dentro das casas que podem facilitar a reprodução do mosquito Aedes aegypti.

Posse Responsável foi o tema da palestra direcionada aos alunos do Projeto Flores. O cuidado com animais domésticos foi ressaltado durante a apresentação. A Zoonoses sempre alerta sobre a necessidade da castração em cães e gatos e na atenção que se deve dar a aplicação de vacinas contra a raiva e outras doenças.

O Centro de Controle de Zoonoses esteve também na empresa Agroceres passando orientações aos funcionários sobre formas de prevenção contra doenças transmitidas por ratos e mosquitos. Também foram expostas, durante 3 dias de palestras, maneiras de evitar acidentes com animais peçonhentos como escorpiões e cobras. Muitas das doenças acontecem por conta do armazenamento incorreto do lixo orgânico e devido ao lixo jogado pelas ruas e terrenos da cidade, formando mini-lixões. Nesses locais muitos animais nocivos saem em direção às casas colocando a saúde das pessoas em risco. A Agroceres já possui brigadas de combate para eliminação de criadouros do Aedes aegypti cujas inspeções são realizadas semanalmente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROJETO ADRA E ANIMAIS PEÇONHENTOS

leave a comment »

Lixo descartado incorretamente além de servir de criadouros de mosquitos, atrai baratas, ratos que servem de alimento para cobras  e  insetos que servem de alimentos para aranhas e escorpiões.

Preocupados com a proximidade destes animais em área urbana, o Centro de Controle de Zoonoses realiza palestras para informar e  prevenir acidentes com estes animais  que causam problemas  nas famílias e na saúde pública.

Na última terça feira, dia 15, alunos e funcionários do Projeto ADRA –  Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais = Núcleo Rio Claro – receberam através das representantes do CCZ,  Solange Mascherpe e Daiana Carolina Joaquim, uma série de palestras sobre o tema Animais Peçonhentos.

Além das informações, os presentes tiveram a oportunidade de conhecer os principais animais peçonhentos recolhidos nas residências da cidade e receberam folhetos com sintomas resultados do contato com estes animais.

Em caso de acidente com Animais Peçonhentos, a vítima deve procurar imediatamente o Pronto Atendimento da Santa Casa, onde receberá socorro e o soro específico.

Evite estes bichos jogando lixo em locais corretos.

 

 

 

CCZ orienta sobre descarte incorreto de lixo

leave a comment »

O Centro de Controle de Zoonoses em parceria com a Secretaria de Habitação está realizando várias ações para inibir o descarte incorreto de lixo em ruas e terrenos no entorno do Jd. das Nações II.

A Secretaria de Habitação distribuiu lixeiras para a área interna do condomínio para auxiliar a população, além da existência de lixeiras comunitárias e do lixo reciclável.

O CCZ está realizando palestras nos condomínios, nas escolas do bairro e proximidades, distribuição de cartazes,  folhetos e  passagem com carro de som orientando por exemplo, amarrar o saco de lixo antes do destino na lixeira comum.

Quando descartados incorretamente, os resíduos atraem ratos,  insetos como moscas e baratas que servem de alimento para atrair animais peçonhentos, como aranhas, escorpiões e cobras, além claro, do mosquito Aedes aegypti que encontra nos inservíveis, locais ideais para sua reprodução.

Colabore:  Jogue o lixo em locais corretos e perto do horário das coletas, evitando a proliferação de bichos indesejados.

 

Lixo 08 05 18 (3)

 

Lixo 08 05 18 (8)

Lixo 08 05 18 (23)Lixo 08 05 18 (17)Lixo 08 05 18 (12)Lixo 08 05 18 (7)

 

COM PICADA DE COBRA NÃO SE BRINCA!

leave a comment »

Informações do blog DICAS PELUDAS

http://dicaspeludas.blogspot.com.br

COM PICADA DE COBRA NÃO SE BRINCA!

Acidentes com cobras são muito mais frequentes do que se pensa. Com o desmatamento e invasão do seu habitat pelo homem, elas estão cada vez mais próximas,podendo ser encontradas em praças,jardins e até mesmo dentro de casa.

Raramente um acidente é fruto da iniciativa da cobra.Elas preferem evitar um confronto batendo em retirada,só atacando quando se sentem ameaçadas.
Os cães e gatos,animais naturalmente curiosos, são duas grandes vítimas pois não se contentam em apenas olhar,dão patadas e mordem.Em consequência, as patas,pescoço e a cabeça  desses bichos são as regiões mais atingidas pelas picadas.
Mordidas que atingem na parte do tronco do animal são as de pior prognóstico. Picadas de cobra podem afetar um ou mais sistemas corporais, incluindo o sistema cardiopulmonar, o sistema nervoso, ou o sistema de coagulação. Geralmente, se a cobra não é venenosa ou o veneno não foi injetado, a dor, inchaço e hematoma no local da picada serão mínimos.

A quantidade de veneno não está relacionada com o tamanho da cobra. 
                                     Como perceber que um cão foi picado?

Os sinais vão variar conforme:
1-o tipo de cobra que picou o animal
2-a quantidade de picadas dada (Pode haver uma, duas, ou várias perfurações pequenas)
3-quantidade de veneno na vítima
4-movimentação da vítima

Sintomas ( dependerão dos fatores citados a cima) 
-hematoma no local da mordida
-Sangramento saindo no local da perfuração causada pela picada
-manchas de sangue na pele ou mucosa da boca na região da picada (equimoses)
– salivação abundante
choque
-tremores
vômitos
-fraqueza
-pupilas dilatadas
-dificuldade em respirar
-náuseas
-letargia
-paralisia flácida e outros sinais neurológicos
– sangue na urina
Os sinais sistêmicos, tais como danos nos rins podem levar de 24-72 horas para desenvolver em acidentes por animais peçonhentos leves, de modo que o animal deve ser observado de perto por vários dias.

O que fazer nessas horas ?

-Evite que o animal se movimente -(quanto mais se mexer maior a propagação do veneno.)
se possível carregue-o no colo
– Se a picada for num membro, imobilize-o levemente (não pressione ou faça torniquete)
-Caso tenha pego a cobra,leve-a junto para que seja feita a identificação
– Leve-o a emergência
O que NÂO fazer ?

Nunca faça torniquetes (pode causar gangrena)
-Não pressione a ferida
-Não faça corte no local para aspirar o veneno
-Não chupe a mordida
-Não coloque gelo na Picada nem no hematoma

AS CHANCES DE UM ANIMAL SOBREVIVER A PICADA DE COBRA É GRANDE,VAI DEPENDER DA RAPIDEZ DO SOCORRO.
LEVE-O DE IMEDIATO A UM VETERINÁRIO !




Fontes pesquisadas : http://beingstray.com/dogs/snakebites-dogs/
http://www.webanimal.com.br/cao/index2.asp?menu=acidente_ofidico.htm
http://www.webanimal.com.br/cao/index2.asp?menu=guia3.htm

Top 10 : animais que mais matam no mundo

leave a comment »

1.

Mosquito

Continue lendo »

Written by I.E.C - CCZ

30/11/2011 at 3:24 pm