DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘desenho

ANIMAIS PEÇONHENTOS: UM PERIGO PARA AS CRIANÇAS

leave a comment »

A segurança das crianças nas escolas tem levado os educadores a pedir auxílio ao Centro de Controle de Zoonoses. As solicitações vão desde a retirada de cobras e escorpiões, até orientações feitas pelos próprios agentes sobre como evitar acidentes com esses animais e palestras educativas que ensinam as crianças a ficarem longe deles.

Atendendo a uma dessas solicitações, o IEC esteve na escola Lucidia Terezinha Cassavia Escrivão Soares que atende crianças de 3 a 5 anos. Nessa idade elas são curiosas e qualquer animalzinho diferente chama a atenção. A Zoonoses foi até lá para desestimulá-las a brincar com qualquer bicho estranho e orientá-las a chamar por um adulto. Além de conhecer de perto cobras, escorpiões, aranhas e outros animais, elas assistiram a um desenho e ganharam máscaras de cobra e gatinho para pintar.

DENGUE, DENGUE , DENGUE… AGORA ELA TEM COMPANHIA

leave a comment »

O mosquito Aedes aegypti sempre pronto à inovações, transmite agora além da Dengue e Febre Amarela, uma nova doença: Chikungunya

cartaz dengue

Ano após ano ela vive rondando nosso dia-a- dia . Rondando não, voando.

A única forma de ficarmos doente com a Dengue é através do mosquito transmissor, o Aedes aegypti. Este mosquito gosta de ambientes sombreados, por isto vive DENTRO de nossas casas, locais protegidos da luz e utiliza reservatórios com água parada para reproduzir-se. Seus ovos duram até 450 dias no seco, eclodindo em apenas dois minutos após contato com a água.

Com o período de chuvas chegando e nova febre circulando, a Chikungunya, precisamos acabar com os criadouros do mosquito transmissor.

Novembro é mês de intensificar informações para lembrar que ações de combate à Dengue, são fundamentais.Na próxima semana, de 17 a 21 , é instituída a SEMANA NACIONAL DE COMBATE À DENGUE. O Centro de Controle de Zoonoses e a Secretaria Municipal de Educação, organizaram um Concurso de Esculturas em Material Reciclável com o tema: A Dengue é um Lixo,  entre alunos das escolas municipais.

A exposição dos trabalhos será de 17 a 28 de Novembro, no espaço em frente a Biblioteca do Centro Cultural Roberto Palmari O Estúdio Corvo Everaldo Prates colaborou com a arte para o cartaz da amostra. Outros parceiros como a Odebrecht Ambiental e a Gráfica Mundo Color estão auxiliando para que os trabalhos preventivos sejam amplamente divulgados e a conscientização de que : somente a união de todos é que conseguirá conter o avanço destas doenças. Visite a exposição e colabore eliminando qualquer local ou quantidade de água parada.

EXPOSIÇÃO DE ESCULTURAS SOBRE DENGUE

leave a comment »

                                                                            cartaz dengue

De acordo com a Lei Federal nº 12.235 de Maio de 2010, que institui o Dia Nacional de Combate à Dengue e com o objetivo de mobilizar iniciativas do poder público e a participação da população para a realização de ações destinadas ao combate ao vetor da doença, o Centro de Controle de Zoonoses  de Rio claro, realizará em parceria com  a Secretaria de Educação, Odebrecht Ambiental e Estúdio Corvo, concurso de esculturas realizadas com materiais reciclados  com o tema:  “Dengue é um Lixo”,  entre alunos das escolas municipais.

O cartaz foi uma arte selecionada entre alunos do Estúdio Corvo de Desenho.

Serão  selecionados alguns trabalhos  para  exposição que ocorrerá   de 17 a 28 de Novembro na Biblioteca do Centro Cultural Roberto Palmari com os  três primeiros colocados   premiados com brindes oferecidos pela Odebrecht Ambiental e certificados de participação aos alunos e escolas.

Somente com a conscientização de toda população para a eliminação de criadouros, qualquer local ou quantidade de água parada,   é que conseguiremos diminuir os riscos de contrair a Dengue e agora também a Chikungunya, febre  que tem como como vetor o mosquito Aedes Aegypti. O principal sintoma da doença é uma dor intensa nas articulações, que pode persistir durante meses. Chikungunya, significa “aquele que se dobra” em swahili, o idioma oficial de países como a Tanzânia. Outras manifestações clássicas da doença são: febre acima de 39 graus, dor de cabeça e muscular, náusea e vermelhidão na pele, que começa no tronco e avança para as extremidades do corpo.

 Ao participar do concurso e das ações preventivas, nosso maior prêmio é a Saúde.