DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘desistência

Mais de 60 pessoas deixaram de trazer animais para castração em abril

with one comment

Cirurgias são agendadas, mas donos não aparecem

O relatório de agendamento feito pelo Centro de Controle de Zoonoses todo mês mostra que em abril, 445 animais (cães e gatos) deveriam ter sido castrados já que havia agendamento para as cirurgias. No entanto foram feitos 379 procedimentos. Sessenta e seis proprietários de animais não apareceram no dia e hora marcados e muitos deles nem avisaram da desistência.

Esse tipo de atitude prejudica bastante os trabalhos da equipe cuja meta é esterilizar perto de 400 animais.  Apesar do contratempo o número de castrações ainda é considerado muito bom e vem se mantendo devido ao empenho da equipe. A Zoonoses pede apenas que em caso de desistências as pessoas liguem avisando, para que outros animais possam ser castrados. Os telefones da Zoonoses para mais informações são 3535-4441 ou 3533-7155.

 

Anúncios

Apesar das ausências, cresce o número de castrações na Zoonoses

leave a comment »

As alterações feitas pelo Centro de Controle de Zoonoses no sistema de agendamento permitiram um crescimento no número de castrações em cães e gatos nos últimos 4 meses, apesar das ausências dos proprietário nos dias e horas marcados. De acordo com dados do CCZ, no mês de julho, 434 animais passaram pelo procedimento, superando os números de abril quando foram feitas 412 castrações. Em março, quando as mudanças ainda estavam sendo planejadas, o número de cães e gatos esterilizados foi de 261. As principais mudanças que tornaram possível as castrações realizadas foram a opção por encaixes, quando acontece de o proprietário não comparecer com o animal no dia agendado e a Zoonoses colocar outro em seu lugar e o remanejamento de médicos veterinários em suas funções.

A responsável pelo agendamento, Nildes Ferreira explica que antes a Zoonoses perdia muitos procedimentos por conta da desistência da cirurgia ou mesmo ausência do proprietário sem aviso. Só em julho, 76 proprietários de animais não compareceram no agendamento. Agora com a opção do encaixe, outros animais que também precisam passar pelo procedimento ocupam essas “vagas” e assim completam o quadro estimado para aquele dia. A funcionária ressalta ainda que se todos os animais agendados em julho tivessem sido castrados o número seria maior, de 508. No entanto, devido às faltas, o encaixe foi a maneira encontrada para não comprometer a meta do CCZ. Outro fator positivo foi o reforço na equipe de veterinários, conseguido através do remanejamento de funções. As castrações hoje são realizadas nos dois períodos, manhã e tarde. Quem sai ganhando com isso é o munícipe que tem cães ou gatos em casa, mas sem condições de pagar por uma cirurgia. O atendimento feito pela Zoonoses prioriza as pessoas de baixa renda, permitindo que tenham acesso ao serviço. Com isso é possível esterilizar muito mais animais, evitando que eles se reproduzam e que filhotes acabem sendo abandonados pela cidade.

Para ter acesso ao serviço de castração da Zoonoses o munícipe pode ligar para 3535-4441 ou 3533-7155 e pedir informações sobre cadastros, agendamentos e encaixes. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira das 7h00 às 16h00.