DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘entulho

Recolhida mais de uma tonelada de criadouros no Jd. Progresso

leave a comment »

Agentes do Centro de Controle de Zoonoses, apoiados pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) que disponibilizou o caminhão Cata Bagulho e sua equipe de resíduos sólidos, recolheram no último sábado, dia 18, uma tonelada e 40 quilos de criadouros do Aedes aegypti no Jardim Progresso. Enquanto os agentes faziam o trabalho de orientação e recolhimento de inservíveis, a Sema, utilizando máquinas apropriadas, retirava lixo e entulho que estavam amontoados em uma rua de terra e que na avaliação da equipe, poderia trazer problemas em decorrência do acúmulo de criadouros.

Além dos mutirões de limpeza realizados aos sábados o Centro de Zoonoses tem feito seu trabalho diário de visita casa a casa procurando conscientizar as pessoas sobre o risco que o Aedes representa para a saúde pública. Ainda assim, nos mutirões realizados quase sempre é retirada mais de uma tonelada de criadouros nos bairros visitados. De acordo com a chefe de núcleo Maria Júlia Guarnieri Baptista o empenho da população da luta contra o mosquito é essencial. “É preciso que os moradores prestem atenção aos possíveis criadouros que possam existir dentro das residências”, alertou.

Anúncios

Written by I.E.C - CCZ

21/05/2019 at 7:28 am

Agentes Comunitários seguem treinamento para combater o Aedes

leave a comment »

Agentes Comunitários de Saúde cumpriram na última sexta-feira, dia 15, mais uma das quatro etapas do treinamento “Discutindo as Novidades no Combate das Arboviroses” no Núcleo Administrativo Municipal (NAM). A capacitação que termina na sexta-feira dia 22, está sendo ministrada pela Chefe de Núcleo de Endemias, Maria Júlia Guarnieri Baptista. Os participantes do treinamento receberão certificado.

Arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, zika vírus, febre chikungunya e febre amarela, transmitidas a partir do mosquito Aedes aegypti. O trabalho dos agentes comunitários junto as famílias, permite a criação de vínculos, facilitando a difusão de informações importantes no controle do Aedes e consequentemente na transmissão de doenças.

Como estamos em época de tempo quente e chuvoso, apropriado para a reprodução do mosquito é preciso muita atenção dentro de casa, buscando por locais que possam servir como criadouro, como plantas aquáticas, vasilhames, pneus e reservatórios de água.

A Secretaria de Saúde reforça o apelo para que a população não descarte lixo em terrenos baldios e locais inapropriados e nem mantenha em casa entulho ou qualquer material que possa acumular água parada, onde se desenvolvem as larvas do mosquito. Mais informações sobre o trabalho dos agentes do Centro de Controle de Zoonoses podem ser obtidas pelo telefone 3523-8663, inclusive aos sábados das 8 às 13 horas.