DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘filhotes

Cresce o número de castrações de animais na Zoonoses

leave a comment »

O projeto de castração de cães e gatos, implantado em 2011 pelo Centro de Controle de Zoonoses vem a cada mês atingindo números mais expressivos. Neste mês de outubro, o setor realizou 455 esterilizações, sendo 228 cães e 227 gatos, machos e fêmeas. Esse resultado poderia ter sido ainda melhor se todos os agendamentos tivessem ocorrido conforme o programado pelo setor. No entanto muitos proprietários deixaram de comparecer no dia e hora marcados com seu animal para a realização da cirurgia. Em outubro foram 542 procedimentos agendados. Desses 87 não resultaram em esterilizações porque o dono não apareceu e não desmarcou o horário.

Apesar de todo o empenho em castrar o maior número possível de animais, a Zoonoses ainda encontra alguma resistência de proprietários. Mesmo assim, se forem somados todos os anos desde a criação do projeto, Rio Claro já castrou 19.109 animais. Somente neste ano de 2018 foram agendados 4.173 procedimentos e realizadas 3.446 castrações.

O atendimento feito pela Zoonoses prioriza as pessoas de baixa renda, permitindo que tenham acesso ao serviço. Com isso é possível esterilizar muito mais animais, evitando que eles se reproduzam e que filhotes acabem sendo abandonados pela cidade. Apesar de ser prioridade, o atendimento não é exclusivo para os que não podem pagar pelo procedimento. Ele está aberto a toda a população.

Para ter acesso ao serviço de castração da Zoonoses o munícipe pode ligar para 3535-4441 ou 3533-7155 e pedir informações sobre cadastros, agendamentos e encaixes. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira das 7h00 às 16h00.

Anúncios

Centro de Controle de Zoonoses participa de Desfile Cívico.

leave a comment »

Em comemoração aos 191 anos da cidade de Rio Claro o Cento de Controle de Zoonoses marcou presença no desfile cívico.

Alguns funcionários se vestiram de Aedes,  Boneco Cabeção e Cachorrão, outros carregaram faixas informativas sobre o combate ao Aedes e Posse Responsável.

 

Zoonoses recolhe gambá muito confundido com ratazana

leave a comment »

gamba

Um gambazinho perdido no bairro da Boa Morte foi recolhido ontem pelo Centro de Controle de Zoonoses. Moradores da região viram o bichinho correndo próximo à praça e conseguiram capturá-lo e levá-lo para uma clínica veterinária bem próxima ao local. A equipe da Zoonoses foi acionada, recolheu o gambazinho e depois fez a soltura do bichinho na Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade.

Por ser muito parecido com ratazanas, esses gambás muitas vezes são mortos. O gambá não é um roedor, ou seja, não é rato, nem ratazana e nem um parente próximo. Ele é mais próximo do coala e do canguru, pois é um marsupial. Isso porque a fêmea tem um marsúpio, que nada mais é do que uma bolsa na altura da barriga na qual ela abriga seus filhotes. As pessoas confundem principalmente os filhotes e jovens com ratos e ratazanas e possuem asco do animal, mas ele não transmite a leptospirose como muitos pensam.

Eles gostam de forros e telhados. Caso não queira a companhia dessas agradáveis criaturas chame alguém especializado, como biólogos, veterinários e a polícia ambiental para retirar o animal e o devolver à natureza, embora outros possam voltar caso o acesso não seja bloqueado. Jamais chame exterminadores de praga.

Como eliminar pulgas e carrapatos do seu animal com bicarbonato de sódio

leave a comment »

pulgas e carrapatos

Nada mais desagradável do que ver nosso animal de estimação infestado de pulgas e carrapatos.
Esses bichinhos parasitas se alimentam de sangue.

Parece horrível?
E é mesmo!
Eles provocam:

– Fortes coceiras
– Febre
– Erupções cutâneas
– Bolhas na pele

É preciso tomar algumas medidas para evitar a invasão das pulgas e carrapatos.
Afinal, eles são muito prejudiciais à saúde do seu bichinho de estimação.
Mas pode ficar tranquilo(a).
Trouxemos uma receita natural e sem efeitos colaterais.
Trata-se de uma mistura à base de biicarbonato de sódio e vinagre de maçã, que, além de espantar pulgas e carrapatos, é excelente para tornar o pelo dos animais macios e com muito brilho.

Veja como se faz:

INGREDIENTES

Meio copo (de 200 ml) de vinagre de maçã

Meia colher (chá) de sal marinho

Meia colher (chá) de bicarbonato de sódio

2 ou 3 colheres (sopa) de agua morna

MODO DE PREPARO

Despeje o vinagre de maçã, o sal e o bicarbonato dentro de um frasco de spray.

Em seguida, acrescente 2 ou 3 colheres (sopa) de água morna e agite o frasco com cuidado.

Feito isso, pulverize o corpo do seu animal, especialmente as áreas mais quentes, como orelhas, pernas e pescoço – que são as que mais costumam ter carrapatos.

Este remédio alternativo tende a tirar os insetos naturalmente.

Mas tenha o costume de examinar os pelos do seu bichano, caso encontre algum intruso que esteja resistindo (estará bem fraquinho devido à ação do produto), remova-o com luvas.
Escove sempre o pelo do seu cachorro ou gato, pois isso também ajuda a eliminar os insetos.

Muito simples, não é?
E pode ter certeza: funciona mesmo!

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre o veterinário do seu animal.

Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br/post/04/2016/como-eliminar-pulgas-e-carrapatos-do-seu-animal-de-estimacao-com-bicarbonato-de-sodio

 

 

CCZ REINICIA CAMPANHA DE VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA

leave a comment »

vaci caa

Devido a casos positivos de Raiva na cidade em animais de grande porte como bois e cavalos ,  a campanha de vacinação em cães e gatos foi iniciada em Maio na zona rural e Junho na zona urbana, quando  foram vacinados mais de 5 mil animais.

A grande demanda no país  fez com que as regiões com menor incidência, como as regiões sul e sudeste,  tivessem o envio de suas cotas de vacinas adiadas, ocasionando a suspensão temporária da vacinação.

Com a regularização de estoques, já chegaram novos lotes de vacinas e a Campanha Anual Antirrábica volta com força total.

A partir da próxima segunda-feira, dia 06, retornarão os serviços na zona rural , vacinação diária no CCZ e Canil Municipal.

A campanha na zona urbana já está sendo novamente organizada para início nas próximas semanas.  Pontos fixos em escolas, igrejas, praças e psfs serão amplamente divulgados pela mídia e redes sociais.

É fundamental a prevenção da Raiva  em animais domésticos através da vacinação, para evitar-se  a Raiva em humanos, que é incurável e mortal.

 Sinais indicativos da raiva

Variam conforme a espécie. Quando a doença acomete animais carnívoros, com maior freqüência eles se tornam agressivos (raiva furiosa) e, quando ocorre em animais herbívoros, sua manifestação é a de uma paralisia (raiva paralítica). No entanto, em todos animais costumam ocorrer os seguintes sintomas:- dificuldade para engolir – salivação abundante – mudança de comportamento – mudança de hábitos alimentares – mudança de hábitos – paralisia das patas traseiras. Nos cães, o latido torna-se diferente do normal, parecendo um “uivo rouco”, e os morcegos, com a mudança de hábito, podem ser encontrados durante o dia, em hora e locais não habituais.

Além das campanhas preventivas, moradores podem vacinar diariamente seus animais no CCZ – R. Alfa, s/nº – Distrito Industrial – 3535-4441 ou no Canil Municipal – Av. 8, entre Rs. 1 e 1b – Centro – 3532-4115.

 

 

 

 

 

Calouros da Unesp recebem orientação sobre combate à dengue

leave a comment »

Dengue 06 03 14 (7)

Dengue 06 03 14 (18)

Dengue 06 03 14 (25)

Palestra da Zoonoses alertou sobre os riscos que representam as larvas do Aedes aegypti

Perto de 200 calouros do Instituto de Biociências da Unesp assistiram esta manhã as orientações do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

Nesta época do ano, os estudantes procuram imóveis para alugar e precisam conhecer as formas de eliminação das larvas do mosquito para impedir que eles consigam se reproduzir. Através de slides, o IEC- Informação, Educação e Comunicação, departamento ligado ao CCZ, mostrou o ciclo de reprodução do Aedes e orientou os jovens para que fiquem atentos à presença das larvas em recipientes com água.

Material informativo com alerta sobre os locais onde as larvas podem se esconder e também sobre os principais sintomas da doença foi distribuído aos calouros. O IEC disponibilizou alguns cartazes sobre a dengue e também sobre a posse responsável de animais, outra questão delicada que precisa ser refletida com seriedade. A adoção de cães e gatos nas repúblicas pode se tornar um problema. Depois que os alunos terminam seus cursos e voltam às suas cidades de origem, o animal adotado acabar sendo abandonado. A palestra aconteceu no auditório do IB e vai se repetir à noite, a partir das 19h00.