DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘gatos

CCZ ORIENTANDO NOVOS ALUNOS DA UNESP

leave a comment »

Alunos receberem informações sobre os serviços municipais da cidade

Durante a recepção de 200 novos alunos de Biologia, Ecologia e Pedagogia da UNESP, o Centro de Controle de Zoonoses esteve presente no Campus orientando sobre Posse Responsável de Animais, Febre Maculosa e prevenção à arboviroses para as turmas da manhã e noite.

As orientações sobre Posse Responsável de animais visam a diminuição do abandono de animais, como muitas vezes acontecem ao final dos cursos ou férias. Para os que definitivamente querem um bichinho, o CCZ oferece castração gratuita e vacinação antirrábica diariamente.

As informações sobre Febre Maculosa são fundamentais para estes alunos que realizam pesquisas e trabalhos em campo,  consideradas áreas de risco de contato com carrapatos.  O conhecimento sobre a doença e o vetor, faz a diferença para que, se iniciados sintomas , o profissional médico seja avisado sobre o contato e inicie imediatamente tratamento para assim, evitar-se agravamentos ou óbitos.

Outro tema abordado foi a prevenção às arboviroses como: Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela, todas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti . A eliminação de criadouros no Campus e nas repúblicas dos estudantes são ações essenciais para o controle do vetor  e diminuição na utilização de inseticidas que podem prejudicar outras espécies animais que são predadores de mosquitos, tais como: pássaros, lagartixas, aranhas, sapos, etc.

Estes futuros profissionais foram orientados também sobre os serviços públicos municipais.
Sejam bem vindos !

LEISHMANIOSE NOS GATOS. SINTOMAS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

leave a comment »

Apesar de a leishmaniose ser habitualmente considerada uma doença dos cães, também surge, com menor frequência, em gatos. Nas zonas endêmicas podem existir gatos infetados, mas apenas um pequeno número destes animais, com um sistema imunitário enfraquecido, manifesta a doença.

 

A  L. infantum constitui, até à data, a única espécie de Leishmaniose isolada em gatos, sendo transmitida por Phlebotomus spp (o mesmo vetor que transmite a leishmaniose canina e humana). Para determinar a co-infeção de Leishmania sp. com Toxoplasma gondii, vírus da imunodeficiência felina (FIV) e vírus da leucemia felina (FeLV), elaborou-se um estudo numa população de gatos de uma zona endémica para a leishmaniose visceral, verificando-se uma relação positiva na co-infeção de Leishmania e FIV, mas não com T. gondii.

Assim, os gatos que vivem em áreas endêmicas de leishmaniose visceral são significativamente mais propensos a sofrer co-infeção por FIV. É altamente provável que o sistema imunitário do gato seja capaz de controlar a infeção provocada por este parasita, seja por meio de eliminação do mesmo ou mantendo-o num estado crônico subclínico. A doença apenas se manifesta num número reduzido de gatos, provavelmente em animais com um sistema imunitário enfraquecido.

Leishmaniose em gatos: sintomas

  • Forma cutânea:É a mais frequente. Clinicamente, podem ser observadas lesões cutâneas e mucocutâneas. Uma das manifestações cutâneas mais frequentes é a dermatite nodular, caracterizada pela presença de nódulos dérmicos subcutâneos indolores e de localização predominante na cabeça e nas patas anteriores e posteriores (almofadinhas). A dermatite erosiva-ulcerativa caracteriza-se por lesões ulcerativas-escamosas localizadas na cabeça, focinho e pescoço, nas almofadinhas das patas ou com distribuição simétrica bilateral nos pulsos, cotovelos, tornozelos ou tuberosidade isquiática.
  • Formas oculares:As formas oculares também são muito frequentes, tendo sido observadas desde blefarite granulomatosa, conjuntivite e queratite, até uveíte monolateral (que constitui a lesão ocular mais frequente), e que pode evoluir para panoftalmite.
  • Formas sistêmicas generalizadas: A disseminação generalizada do parasita é pouco frequente. Em determinados casos clínicos poderá implicar lesões no baço, no fígado, nos rins e nos nódulos linfáticos. Pode observar-se linfadenopatia localizada ou generalizada, que surge num elevado número dos casos. Entre os sinais sistémicos mais frequentes destacam-se a astenia e a anorexia.

Diagnóstico da Leishmaniose em gatos

Deverão realizar-se os seguintes exames complementares:

  • Exame citológicode amostras procedentes das lesões cutâneas, das mucosas e dos nódulos linfáticos que aumentaram de volume.
  • Lâmina de extensão de sangue e de medula óssea.
  • Biópsia cutânea para coloração convencional (H&E) e imuno-histoquímica.
  • Quantificação dos anticorpos anti-leishmania com técnicas serológicas preparadas no gato. No caso de elevadas suspeitas, de níveis baixos de anticorpos ou, inclusive, de resultados seronegativos, é aconselhável levar a cabo técnicas moleculares para descartar a doença.

serologia como exame de confirmação da infeção pode subestimar o diagnóstico da leishmaniose nos gatos. Além disso, é muito provável que exista uma doença subjacente ou concomitante, pelo que deverão ser realizados exames elementares de laboratório, incluindo hemograma, bioquímica, análise da urina e proteinograma do soro.

Tratamento da Leishmaniose

Não existem estudos sobre o tratamento ideal para a leishmaniose em gatos. Segundo as publicações existentes, poderia afirmar-se que os melhores resultados são obtidos mediante administração de alopurinol em doses de 10 mg/kg/12 h ou de 20 mg/kg/24 h, até ser atingida a recuperação clínica. Nalguns casos, também poderá ser benéfica a administração de antimoniato de meglumina em doses de 5 mg/kg/24 h ou de 25 mg/gato/24 h, durante um mês. Não é recomendável a combinação de alopurinol com antimoniato de meglumina, devido a problemas de toxicidade. Não existem outras medidas de prevenção além de evitar a exposição aos vetores, já que os repelentes de insetos à base de permetrinas são tóxicos para os gatos. Também não existe experiência comprovada na utilização de imunomoduladores ou de vacinas na espécie felina.

Fonte: Vets & Clinics

PROGRAMA DE CASTRAÇÃO GRATUITA TEM RECORDE DE CIRURGIAS

with 2 comments

A Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro, através do Centro de Controle de Zoonoses,   mantém programa de castração gratuita para cães e gatos visando a diminuição de animais abandonados.

Grande número de animais abandonados são resultado de gravidezes indesejadas. A  boa saúde dos animais e a diminuição de abandonos, refletem diretamente na saúde de toda população , humana ou animal, devido a restrição de acidentes por mordeduras ou transmissão de diversas zoonoses.

Durante o ano de 2019 foram  4.939 agendamentos e realizadas 4.179 cirurgias, sendo :

707 cães, 1.419 cadelas, 918 gatos e 1.138 gatas. Apesar da gratuidade e facilidade do serviço oferecido, 760 agendamentos não compareceram.

Em 2018 foram realizadas 4.048 cirurgias: 592 cães, 1.393 cadelas, 873 gatos  e 1.120 gatas

O programa  prioriza as pessoas de baixa renda, mas todo cidadão pode  ter acesso ao serviço de castração através dos telefones: 3535-4441 ou 3533-7155, onde podem  pedir informações sobre cadastros, agendamentos e encaixes.

O atendimento é feito de segunda a sexta-feira das 7h às 16h.

 

 

Passa dos 10 mil o número de animais vacinados na campanha

leave a comment »

O número de cães e gatos vacinados durante a campanha de vacinação antirrábica urbana até o momento é de 10.492. Neste último final de semana as equipes do Centro de Controle de Zoonoses imunizaram 2.067 animais, sendo 1.672 cães e 395 gatos. A campanha termina no próximo sábado (14) e domingo (15). A cobertura vacinal está dentro das expectativas do CCZ.

Confira onde as equipes estarão vacinando no próximo final de semana:

DIA 14/09/2019 – SÁBADO           

  1. Escola Mitiko Matsushita Nevoeiro: Avenida M31 com Ruas 8 e 10, JARDIM SÃO JOÃO
  2. USF Jardim das Flores: Avenida M 51 com Rua 6, JARDIM DAS FLORES
  3. Jardim Progresso: Rua M 22 com Avenida M 45,JARDIM PROGRESSO
  4. Canteiro: Rua 2 JZ com Avenida Paulista II,JARDIM AZUL
  5. Praça da Caixa D’Água: Avenida 66 JCA com Ruas 15 e 16,JARDIM ARAUCÁRIA
  6. Escola Santo Antônio: Avenida 56 com Ruas 10 e 11,JARDIM OLINDA
  7. USF Benjamin De Castro: Avenida 8 JC com Avenida 10 JC, JARDIM CENTENÁRIO
  8. Terreno: Avenida 18 JC com Rua 9 A JC, JARDIM MARIA CRISTINA 

DIA 15/09/2019 – DOMINGO 

  1. Cemitério São João Batista: Rua 16 com Avenidas 19 e 23,CONSOLAÇÃO
  2. Escola Antonio Maria Marrote: Rua 17 BE com Avenidas 29 e 31, BAIRRO DO ESTÁDIO
  3. Praça da Igreja Bom Jesus: Avenida da Saudade com Ruas 11 e 12,BAIRRO DO ESTÁDIO
  4. Cemitério Evangélico: Avenida 23, Ruas 6 e 7, JARDIM DONANGELA
  5. Escola Michel Antonio Alem: Avenida 13 com Ruas 18 e 19,JARDIM CLARET
  6. Praça em frente à Padaria Claret: Rua 14 com Avenidas 12 e 14,CIDADE CLARET
  7. Colégio COC: Rua João Polastri com Avenida 37,CIDADE JARDIM
  8. Praça Jardim Mirassol: Avenida 4 com Ruas 22 e Rua 23,JARDIM MIRASSOL

 

Written by I.E.C - CCZ

09/09/2019 at 10:58 am

Igreja da Aparecida será um dos pontos de vacinação antirrábica neste sábado

leave a comment »

Dando sequencia à campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos, uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses estará neste sábado, dia 7, vacinando os animais, das 9h00 às 16h00, na igreja da Vila Aparecida. Este costuma ser um dos pontos mais movimentados durante a campanha. Lembrando que cães e gatos devem ser vacinados a partir de 3 meses de idade.

Ainda no sábado, outros pontos de vacinação estarão espalhados pela cidade. O Colégio Koelle e a Escola dr. Paulo Koelle são dois deles. Confira a listagem completa dos locais onde haverá vacinação no próximo final de semana:

DIA 07/09/2019 – SÁBADO

  1. Igreja da Aparecida: Rua 2 A com Avenidas 28 e 30, VILA APARECIDA
  2. Colégio Koelle: Avenida 16 com Ruas 4 e 5, CENTRO
  3. Escola Dr Paulo Koelle: Rua 12 com Avenidas 5 e 7, VILA DO RÁDIO
  4. Praça Vila Saibreiro: Ruas Saibreiro II e Saibreiro III com Avenida 40,VILA SAIBREIRO
  5. Praça Próxima à Padaria La Baguette: Rua M 4 com Rua M 4 A e Avenida M 17, VILA MARTINS
  6. SESI: Avenida M 29 com Rua 3 JF, JARDIM FLORIDIANA
  7. Sobradão: Avenida 1 RP,JARDIM REGINA PICELLI   

 DIA 08/09/2019 – DOMINGO

  1. USF Jardim Boa Vista/Nosso Teto: Avenida 88 BV com Ruas 19 BV e 20 BV,JARDIM BOA VISTA
  2. Campo de Malha: Rua 21 BV com avenidas 98 BV e 100 BV, JARDIM BOA VISTA
  3. Terreno Jardim Santa Maria: Avenida 80 BV com Rua Jacutinga, JARDIM SANTA MARIA
  4. USF Santa Eliza: Rua 25 SE com Avenidas 42 SE e 48 SE, JARDIM SANTA ELIZA
  5. Escola Samira Assêncio Savoldi: Rua 28 SE com Avenida 40 SE,JARDIM SANTA ELIZA
  6. UBS WenzeI: Rua 21 com Avenidas 60 e 62,WENZEL
  7. Praça em Frente ao Supermercado Dia: Rua Jacutinga com Avenidas 42 e 44,PARQUE UNIVERSITÁRIO 

Vacinados 3.058 cães e gatos contra raiva neste final de semana

leave a comment »

Mais de 3 mil animais vacinados em um único final de semana no início da campanha de vacinação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O tempo ajudou e neste primeiro final de semana da campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos,  3.058 doses foram aplicadas pelos profissionais do Centro de Controle de Zoonoses, sendo 1.364 no sábado e 1.694 no domingo. Um número expressivo que mostra que os proprietários de animais atenderam ao chamado da Saúde para imunizá-los.

Dezesseis pontos de vacinação foram montados e em todos eles a movimentação foi considerada dentro do esperado. Um dos pontos positivos foi a conscientização dos donos de gatos que este ano utilizaram caixas de transporte para levá-los até os vacinadores, o que facilitou bastante a contenção e evitou fugas.

A raiva é uma doença infecciosa viral aguda, que acomete mamíferos, inclusive o homem, e caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda com letalidade de aproximadamente 100%. É transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, principalmente por meio da mordedura, podendo ser transmitida também pela arranhadura e/ou lambedura desses animais.

A vacinação continua no próximo final de semana em 14 locais:

DIA 24/08/2019 – SÁBADO

  1. Praça: Avenida BNH com Rua 13 e Avenida 50, VILA ELIZABETH BNH
  2. Escola Monsenhor Martins: Avenida 36 com Ruas 5 e 6, VILA OPERÁRIA
  3. Praça da Igreja Santana: Rua 9 com Avenidas 30 e 32, SANTANA
  4. Associação de Bairros: Avenida 17 JW com Rua 5 JW, JARDIM BONSUCESSO
  5. USF Bonsucesso/Novo Wenzel: Rua 6 com Avenida 13 JW,JARDIM NOVO WENZEL
  6. CRAS Bonsucesso/Novo Wenzel: Rua 5 JW com Avenidas 1 JW e 2 JW,BOM RETIRO
  7. Projeto “Estação Do Bem”: Rua 23 NR com Avenidas 1 NR e 3 NR,JARDIM NOVA RIO CLARO 

 

DIA 25/08/2019 – DOMINGO 

  1. Escola José Cardoso: Rua 9 C com Rua 16, ARCO ÍRIS
  2. Quadra Poliesportiva: Rua 6 JA com Rua 3, ARCO ÍRIS
  3. Escola Sylvio de Araújo: Rua 9 A com Avenidas 72 A e 74 A, VILA SÃO MIGUEL
  4. Anel Viário: Anel Viário com Avenida 70 A – VILA SÃO MIGUEL
  5. Escola Djiliah Camargo de Souza: Rua 4 A com Avenida 42 A, JARDIM IPÊ
  6. Igreja Santo Expedito: Rua 20 I com Avenidas 59 e 61, JARDIM ITAPUÃ
  7. USF Assistência: Avenida 1,ASSISTÊNCIA 

Tudo pronto para o início da vacinação antirrábica dia 17 de agosto

leave a comment »

posto de vacinação

 

As equipes do Centro de Controle de Zoonoses já estão preparadas para a campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos na área urbana que começa dia 17 de agosto. Aos sábados e domingos das 9h00 às 16h00, equipes estarão espalhadas por bairros da cidade para imunizar os animais. A campanha é realizada todos os anos e contempla todos os setores do município. Em 2018, 12.912 doses da vacina foram aplicadas. É importante que o dono do animal apresente a carteira de vacinação na qual os profissionais da Zoonoses registrarão a aplicação da dose.

Os organizadores da campanha alertam para o caso de chuva nos dias e locais agendados. “Nas datas programadas, se não houver condições de atendimento, a vacinação nesses locais será transferida para os finais de semana do mês de setembro para não alterar o cronograma completo do calendário de vacinação”, informou o gerente do CCZ, Diego Reis.

O calendário da campanha está disponível no blog do Centro de Controle de Zoonoses https://cczrioclaro.wordpress.com/vacinacao-antirrabica/.

Passeata marca alerta contra a dengue no Bonsucesso

leave a comment »

Numa iniciativa do projeto Arte e Vida foi realizada no sábado, dia 14, uma passeata ecológica pelas ruas do bairro Bonsucesso, reunindo crianças do projeto e moradores do local. Atiradores do Tiro de Guerra participaram da passeata. O Centro de Controle de Zoonoses colaborou cedendo suas fantasias de mosquito, folhetos e cartazes de alerta contra o Aedes aegypti. Também realizou palestras no projeto destacando a importância de combater a zika, chikungunya e especialmente a dengue, doença que continua fazendo vítimas no município. O CCZ falou com as crianças também sobre a importância de armazenar corretamente o lixo evitando o surgimento de peçonhentos e enfatizou a posse responsável de animais, outro tema de importância para evitar o abandono de cães e gatos.

14-06-19-1.jpeg

14-06-19-2.jpg

Encerrada vacinação em cães e gatos na área rural

leave a comment »

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) encerrou esta semana a campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos na área rural. As equipes de vacinação que desde abril estiveram em sítios e fazendas imunizaram no total 3.635 animais, sendo 2.923 cães e 712 gatos.

“Conseguimos ultrapassar a nossa meta que era aplicar 3.500 doses, garantindo com isso uma boa cobertura”, informou Diego Reis gerente do CCZ. A vacina protege o animal caso haja algum acidente com morcegos infectados. Nessa situação a Zoonoses deve ser avisada imediatamente para avaliar qual protocolo vacinal será adotado para manter o cão ou gato protegido. Caso o morcego ainda esteja no local ele será recolhido para análise. Especialmente na área rural é comum a presença desse mamífero. O contato de cães ou gatos com morcegos pode levá-los à morte, caso não estejam protegidos. Da mesma forma, cães e gatos infectados podem transmitir o vírus da raiva aos humanos.

A vacina é aplicada anualmente e se porventura algum morador não tenha conseguido imunizar seus animais durante a visita dos vacinadores, pode procurar a Zoonoses de segunda a sexta-feira das 7h00 às 16h00. A vacina é gratuita. O calendário da campanha de vacinação na área urbana está sendo elaborado e será divulgado em breve.

Zoonoses vacina animais no III Saúde no Campus

leave a comment »

Como nas edições anteriores, o Centro de Contro de de Zoonoses (CCZ) participa do III Saúde no Campus, uma iniciativa do poder público com as instituições de ensino do município. Durante 3 dias, de amanhã até quinta-feira, dia 23,  no campus da Unesp uma série de serviços e atividades estarão à disposição da população. O CCZ estará presente vacinando cães e gatos contra a raiva e oferecendo orientações sobre animais peçonhentos.

O evento, que tem a participação de alunos de vários cursos, oferece ainda teste de glicemia, tipagem sanguínea, vacinação para pessoas acima de 18 anos, entre muitos outros serviços. O III Saúde no Campus acontece das 8h00 às 11h00 e das 14h00 às 19h00. A entrada é pela portaria principal da Unesp, na avenida 24-A.