DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘lixeiras

Alunos da E.E Prof. João Negrão participam de palestra sobre Lixo=Bicho

leave a comment »

Escola Estadual Professor João Negrão recebeu a equipe de Educação e Informação do CCZ.

Cerca de 300  alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio participaram da palestra Lixo=Bicho.

Com o crescente numero de casos de dengue em Rio Claro é preciso orientar as crianças e alertá-las dos perigos que o lixo depositado a céu aberto em locais impróprios,  podem trazer para nossa saúde.

Copinho, pneu, lata, garrafa, embalagem plástica, sacolinha, tampinha, pote, tudo isso serve de berço para o mosquito Aedes aegypti.

Restos de comida atraem roedores, que acabam atraindo cobras.

Moscas e insetos atraem aranhas, baratas atraem escorpiões.

Esses bichos acabam procurando abrigo dentro das nossas residências colocando em risco nossa saúde.

Também foram ressaltados com os alunos, os principais sintomas da dengue e o que deve ser feito caso apresentem os sintomas.

Anúncios

SECRETARIAS MUNICIPAIS UNIDAS CONTRA O LIXO

leave a comment »

O descarte incorreto de lixo é um grave problema para munícipes  e para administrações  públicas.

Além dos problemas para acessibilidade em ruas e terrenos, a saúde pública fica exposta à diversas doenças como: Dengue, Zika. Chikungunya, Febre Amarela, Leptospirose, Leishmaniose, entre tantas outras.

Preocupados em minimizar este problema nos condomínios do bairro Terra Nova,  a Secretaria de Habitação  vai distribuir lixeiras nos prédios e convidou o Centro de Controle de Zoonoses para auxiliar nos trabalhos.

Folhetos e cartazes sobre  diversas zoonoses (doenças transmitidas por animais) serão distribuídas e a passagem do carro de som auxiliará nas informações a moradores.

Outras ações já estão sendo planejadas como a construção de Eco Pontos próximos às novas moradias populares.

Colabore: Coloque o lixo em locais e horários corretos evitando sujeiras e doenças.

 

 

Cuidado redobrado com a dengue no Dia dos Pais

leave a comment »

Uma ação conjunta entre o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Fundação Municipal de Saúde e a administração dos cemitérios da cidade foi realizada esta semana com o objetivo de evitar que, em decorrência do grande movimento de pessoas nos jazigos neste domingo, Dia dos Pais, aumente o número de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. O IEC- departamento de Informação, Educação e Comunicação do CCZ distribuiu faixas, cartazes, folhetos e alertas para serem fixados nos cemitérios em locais visíveis incluindo as lixeiras indicando que o acúmulo de água em vasos de plantas e embalagens pode representar um perigo para a saúde, já que são considerados criadouros do mosquito.

A recomendação para as pessoas que irão homenagear os mortos enfeitando com flores seus túmulos é para que joguem fora, nas lixeiras espalhadas pelos cemitérios, as embalagens plásticas que envolvem os vasos. A água parada em pequenos locais pode servir de abrigo para os ovos e larvas do mosquito. O IEC, departamento de Informação, Educação e Comunicação do CCZ também alertou as floriculturas para que orientem os clientes informando sobre a importância de retirar o plástico dos vasos.

As pessoas também devem ficar atentar com relação aos pratinhos utilizados nos vasos de plantas. Eles devem estar preenchidos com areia para não permitir a proliferação do mosquito da dengue.

 

DSC00753

Cemitério 07 13 (11)

 

Cemitério 07 13 (17)