DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘orientação

Orientações sobre pombos ajudam a prevenir doenças

leave a comment »

De janeiro a abril mais de 30 visitas foram feitas pela Zoonoses atendendo solicitações

A imagem do pombo como símbolo da paz conquista a simpatia das pessoas que acabam por alimentá-los, mas na verdade essa ave pode trazer uma série de complicações para a saúde. Como dificilmente é caçado por outros animais, sua população cresce muito rápido e o aumento de sua quantidade tornou-se um grave problema, pois, podem causar várias doenças graves que podem levar à morte ou deixar sequela. De janeiro a abril deste ano o Centro de Controle de Zoonoses recebeu várias solicitações de moradores pedindo por orientações. Algumas delas chegaram via Ouvidoria. Outras em ligações diretas.  Foram no total 34 visitas feitas nesse período. Entre as doenças transmitidas pelos bombos destacam-se:

– salmonelose: doença infecciosa provocada por bactérias. A contaminação ao homem ocorre pela ingestão de alimentos contaminados com fezes animais;

– criptococose: doença provocada por fungos que vivem no solo, em frutas secas e cereais e nas árvores; e isolado nos excrementos de aves, principalmente pombos;

– histoplasmose: doença provocada por fungos que se proliferam nas fezes de aves e morcegos. A contaminação ao homem ocorre pela inalação dos esporos (células reprodutoras do fungo);

– ornitose: doença infecciosa provocada por bactérias. A contaminação ao homem ocorre pelo contato com aves portadoras da bactéria ou com seus dejetos;

– meningite: inflamação das membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhal.

Medidas de controle:

– retirar ninhos e ovos;
– umedecer as fezes dos pombos com desinfetante antes de varrê-las;
– utilizar luvas e máscara ou pano úmido para cobrir o nariz e a boca ao fazer a limpeza do local onde estão as fezes;
– vedar buracos ou vãos entre paredes, telhados e forros;
– colocar telas em varandas, janelas e caixas de ar condicionado;
– não deixar restos de alimentos que possam servir aos pombos, como ração de cães e gatos;
– utilizar grampos em beirais para evitar que os pombos pousem;
– acondicionar corretamente o lixo em recipientes fechados;
– nunca alimentar os pombos.

É muito importante para a saúde controlar a população desses animais na comunidade, fazendo com que eles procurem locais mais adequados para viver, com alimentação correta e longe dos perigos das cidades. Um pombo na cidade vive em média 4 anos, enquanto que em seu ambiente natural pode viver até 15 anos. Para orientações sobre o assunto os telefones do Centro de Controle de Zoonoses são 3535-4441 ou 3533-7155.

Zoonoses inicia vacinação antirrábica na zona rural

leave a comment »

 

 

O Centro de Controle de Zoonoses iniciou nesta terça-feira (11) a campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos na zona rural da cidade. Uma equipe se deslocou esta manhã para a região de Itapé, onde deverão ser aplicadas 125 doses da vacina. A campanha segue nos próximos meses até atingir toda cobertura na área rural. Já a vacinação de bovinos e equinos deve ser feita pelos proprietários.

Todos os anos cães e gatos devem ser vacinados contra a raiva a partir dos cinco meses de idade. A Trata-se de uma doença onde o vírus se alastra pelo sistema nervoso central de animais de “sangue quente” domésticos ou selvagens, ou seja, cães, gatos, macacos, morcegos e outros, incluindo o homem. Ela é transmitida ao ser humano através do contato da saliva (mordida ou lambedura) de animais que estão contaminados pelo vírus, bastando que algum tipo de ferida já existente entre em contato com a saliva do animal doente.

Este ano o CCZ irá aproveitar a presença das equipes na zona rural para fazer um alerta com relação à Febre Amarela. Os moradores de sítios e fazendas estão mais próximos das matas e serão orientados a, no caso de encontrarem macacos mortos ou doentes, avisar imediatamente o Centro de Zoonoses. Os macacos são considerados sentinelas da Febre Amarela. São eles que indicam se o vírus está circulando em determinadas áreas. Com a ajuda desses moradores será possível iniciar uma ação rápida de contenção da doença, caso sejam encontrados animais mortos.

O calendário para a vacinação na área urbana ainda não foi concluído, mas deve iniciar em julho. As datas e locais onde serão instalados os postos de vacinação serão divulgados através da imprensa. Importante ressaltar que Rio Claro não tem registro de nenhum caso de febre amarela.

ANIMAIS PEÇONHENTOS: UM PERIGO PARA AS CRIANÇAS

leave a comment »

A segurança das crianças nas escolas tem levado os educadores a pedir auxílio ao Centro de Controle de Zoonoses. As solicitações vão desde a retirada de cobras e escorpiões, até orientações feitas pelos próprios agentes sobre como evitar acidentes com esses animais e palestras educativas que ensinam as crianças a ficarem longe deles.

Atendendo a uma dessas solicitações, o IEC esteve na escola Lucidia Terezinha Cassavia Escrivão Soares que atende crianças de 3 a 5 anos. Nessa idade elas são curiosas e qualquer animalzinho diferente chama a atenção. A Zoonoses foi até lá para desestimulá-las a brincar com qualquer bicho estranho e orientá-las a chamar por um adulto. Além de conhecer de perto cobras, escorpiões, aranhas e outros animais, elas assistiram a um desenho e ganharam máscaras de cobra e gatinho para pintar.

Zoonoses participa da Semana do Verde no Colégio Koelle

leave a comment »

A direção do Colégio Koelle está realizando a Semana do Verde e convidou o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) para participar do evento nesta quarta-feira, dia em que os alunos levaram para a escola alguns bichinhos de estimação. O IEC- departamento de Informação, Educação e Comunicação do CCZ e a médica veterinária Amanda Borotti conversaram com todos e passaram orientação sobre Posse Responsável de Animais e sobre como proceder em caso de acidentes com animais peçonhentos.

Peçonhentos Semana do Verde (25)Peçonhentos Semana do Verde (30)Peçonhentos Semana do Verde (31)Peçonhentos Semana do Verde (32)Peçonhentos Semana do Verde (41)Peçonhentos Semana do Verde (42)Peçonhentos Semana do Verde (6)