DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘palestras

RIO CLARO REALIZA AÇÕES NA SEMANA ESTADUAL DE MOBILIZAÇÃO PARA PREVENÇÃO ÀS ARBOVIROSES

leave a comment »

De 08 a 12 de Novembro ocorreu a Semana Estadual de Mobilização para Prevenção às Arboviroses.

O objetivo desta semana é a promoção em todos municípios do estado de São Paulo, de ações simultâneas para conscientização sobre arboviroses e reduzir a infestação do mosquito Aedes aegypti,  vetor de arboviroses como a Dengue, Zika e Chikungunya, com a retirada de recipientes favoráveis à sua proliferação.

O que são arboviroses?

O termo arbovírus deriva da expressão inglesa ARthropod BOrne VIRUSES, adotada, em 1942, para designar grupo de infecções virais cujos agentes foram isolados de animais que tinham participação na etiologia das encefalites

Arboviroses são as doenças causadas pelos arbovírus.  A classificação “arbovírus” engloba todos aqueles transmitidos por insetos e aracnídeos (como aranhas e carrapatos).

Atualmente, são conhecidas no mundo mais de quinhentas espécies de arbovírus, dentre os quais 150 tem potencial para causar doenças em humanos. Destas, no Brasil há duzentas espécies, das quais aproximadamente quarenta podem afetar o homem.

Do ponto de vista do número de pessoas acometidas, a vasta maioria das arboviroses é transmitida por mosquitos, onde destaca-se o Aedes aegypti, por sua habilidade de transmitir vários arbovírus diferentes e por ser um vetor urbano altamente adaptável.

Ações em Rio Claro

Em nosso município ações preventivas contra mosquitos e as doenças por eles transmitidas, são realizadas diariamente e foram intensificadas durante esta semana.

Mutirões foram realizados no final de semana em bairros onde o índice de criadouros positivos (com larvas), foram significativos durante os trabalhos de Breteau ou  LIRAa (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti) que  tem por objetivo mapear os criadouros do mosquito transmissor em diferentes regiões do município. Esta ação teve a parceria da Secretaria de Meio Ambiente que recolheu possíveis criadouros separados por moradores e pelos agentes de endemias com o Caminhão Cata Bagulho.

Ação conjunta entre o Centro de Controle de Zoonoses, Vigilância Sanitária,  Departamento de Obras , Meio Ambiente e Defesa Civil foi realizada em um ferro velho, cadastrado como ponto estratégico próximo ao centro da cidade, onde foram retirados inicialmente 17.020 kg de material inservível e o proprietário multado. Os trabalhos de remoção deverão continuar durante os próximos dias.     

 Faixas foram fixadas em locais de grande circulação de pessoas como na Lagoa Seca, no Cervezão, onde estava estacionado o ônibus realizando exames de mamografia e nos semáforos do centro da cidade.

Agentes distribuíram folhetos informativos no trânsito

No Jardim Público, região central da cidade, onde há uma grande circulação de pessoas , foi montado um “stand” com vidrarias com amostras do ciclo do mosquito Aedes aegypti,  e de outros vetores de arboviroses como  Flebotomínios, transmissores de Leishmaniose visceral e cutânea, Triatomíneos, transmissores da doença de Chagas, carrapatos, transmissores de Febre Maculosa e animais peçonhentos.

Além de poder conhecer de perto estes vetores, o público recebeu folhetos informativos e material didático para as crianças.

A utilização de bonecos com brincadeiras e teatralização durante as exposições, chamou bastante a atenção do público para o evento que estava sendo realizado.

Aproveitando a ocasião, agentes  realizaram ação na água da fonte luminosa da praça onde verificaram a presença de larvas e de mosquito.

Publicações referente à arboviroses em redes sociais e imprensa foram intensificadas com publicações de pesquisas, curiosidades, dicas e ações realizadas.

Jornal Cidade Rio Claro

Jornal Diário do Rio Claro

Palestras

A informação é fundamental para que o público  tenha conhecimento das arboviroses,  ciclos e ações que  são necessárias para o controle de vetores e consequentemente, das doenças por eles transmitidas.

O engajamento de toda população é fundamental para o sucesso dos trabalhos preventivos realizados pelos órgãos públicos.

CCZ ORIENTA CRIANÇAS DO PROJETO DA RUA PARA CASA

leave a comment »

O Projeto “da Rua para a Casa” é uma ONG sem fins lucrativos que atua desde 2019 na região do Jardim das Paineiras e que tem como propósito transmitir através da recreação, bons valores e amparo social para crianças e suas famílias.

Como muitas famílias atendidas são coletores de materiais recicláveis , a direção da entidade convidou o setor de Educação e Comunicação do Centro de Controle de Zoonoses para ministrar a palestra “Lixo = Bicho – Animais e doenças relacionadas ao descarte incorreto de lixo” para conhecimento das famílias sobre a necessidade de acondicionar corretamente o material até a venda do mesmo, evitando assim a atração de insetos, roedores e as doenças que eles podem transmitir.

O interesse durante a palestra foi gratificante e a curiosidade para conhecer os animais expostos em vidraria, foi bem grande entre as crianças e as mães presentes.

SOLDADOS DO TIRO DE GUERRA RECEBEM INFORMAÇÕES DO CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES

leave a comment »

Divididos em várias turmas para evitar aglomerações, soldados do Tiro de Guerra de Rio Claro, receberam o setor de educação e comunicação do Centro de Controle de Zoonoses, representado pela palestrante Solange Mascherpe, para conhecerem sobre os problemas gerados pelo descarte incorreto de lixo através da palestra: “Lixo = Bicho – Animais e doenças relacionados pelo descarte incorreto de lixo”.

Na oportunidade, puderam ter conhecimento sobre criadouros de mosquitos, sintomas e prevenção de Dengue, Zika, Chikungunya, roedores, animais peçonhentos, caramujos, pombos, entre outros tópicos. Após a apresentação, os soldados puderam conferir a vidraria com animais peçonhentos encontrados na cidade.

Na busca de parcerias para a conscientização na utilização dos serviços municipais  referentes ao descarte de materiais e prevenção de doenças relacionadas,  os soldados, oficiais e familiares são muito importantes para estes  trabalhos preventivos.

CCZ PARTICIPA DE CURSO DE ATUALIZAÇÃO DA DEFESA CIVIL

leave a comment »

Durante o mês de Maio, a Defesa Civil de Rio Claro promoveu em suas dependências o “V Curso de Atualização Técnica de Defesa Civil”.

O objetivo do evento anual é manter os colaboradores atualizados nos diversos segmentos em que atuam.

O Centro de Controle de Zoonoses participou com a palestrante Solange Mascherpe abordando os temas “Animais Peçonhentos” e “O Aedes Aegypti e as arboviroses transmitidas”. Após as apresentações os funcionários puderam conferir vidraria com os animais peçonhentos em exposição e o ciclo do mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela.

Todas as ações foram realizadas respeitando-se as orientações preventivas contra o Covid-19 como a utilização de máscaras, higienização das mãos e distanciamento entre os participantes.

CCZ PARTICIPA DE CICLO DE PALESTRAS NA GUARDA MUNICIPAL

leave a comment »

A Guarda Civil Municipal de Rio Claro está realizando um ciclo de palestras para seus profissionais, visando a capacitação para uma melhor qualificação e eficiência nos serviços prestados pelos GCM’s.

O setor de educação e comunicação do Centro de Controle de Zoonoses participou com a palestrante Solange Mascherpe ministrando os temas: Lixo = Bicho – Animais e doenças relacionadas ao descarte incorreto de lixo, Febre Maculosa e Posse Responsável de Animais. Assuntos pertinentes aos trabalhos diários das equipes da guarda.

Respeitando normas preventivas contra o Covid, como distanciamento, utilização de máscaras e higienização das mãos, as turmas foram divididas e as palestras foram realizadas durante dois dias para evitar assim, uma maior aglomeração.

Após o encerramento, os integrantes receberam certificados de participação.

Nossos agradecimentos ao comando da Guarda Civil Municipal pelo convite e oportunidade às informações; importantes parcerias para o desenvolvimento dos colaboradores e dos serviços públicos.

TRABALHOS DO CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES

leave a comment »

O Centro de Controle de Zoonoses é um departamento da Fundação Municipal de Saúde que tem como função cuidar das doenças (noses) que os animais (zoo) transmitem, como dengue, raiva, leptospirose, leishmaniose, entre outras.

Animais peçonhentos (que não transmitem doenças mas são um problema considerável para a saúde pública) também é um trabalho realizado, com identificação das espécies e orientações preventivas aos moradores.

 O serviço de recolhimento, identificação e envio para análise de Raiva, estende-se aos morcegos. Quando encontrado um exemplar contaminado, é realizada vacinação em todos os animais da área e observação de animais e humanos por dez dias. A aplicação de vacina antirrábica é realizada diariamente no CCZ e são realizadas campanhas anuais com pontos fixos nos bairros e zona rural.

A desratização é realizada gratuitamente através de raticidas aplicados nas residências após solicitação através da Ouvidoria Municipal : 3526-7105; os agentes colocam as iscas em locais onde crianças e animais domésticos não tem acesso e voltam para monitoramento. Este trabalho também é realizado nos mais de 3000 bueiros da cidade.

              O mosquito palha, transmissor da da Leishmaniose é monitorado com armadilhas que são montadas na zona rural e urbana, onde são identificados focos para controle juntamente com a SUCEN.

                Pombos, Piolhos, Carrapatos e Caramujos Africanos tem atenção especial pelo número de doenças que transmitem e  a facilidade de multiplicação. Os agentes orientam sobre desinfecção de ambientes infestados e armadilhas para os caramujos com descarte correto.

               Agentes de Endemias realizam busca ativa de criadouros do mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya, Zika e Febre Amarela em casas e comércio, os agentes de vetores trabalham com a busca ativa em pontos estratégicos como ferro velhos, borracharias, indústrias e realizam nebulização para controle epidêmico.

Com o objetivo de ampliar as informações pertinentes aos serviços desenvolvidos no setor da saúde do município e considerando a importância de informar sobre as ações humanas e suas consequências para consigo, para sua própria espécie, para outros seres vivos e o ambiente, o setor de Educação e Comunicação do CCZ, ministra palestras em escolas, empresas, projetos, igrejas, etc, a fim de prevenir sobre diversas zoonoses  e a posse responsável de animais. Estas importantes informações são compartilhadas também nas redes sociais como Facebook, Twitter , Instagram e Blog.

Confira os números dos trabalhos do CCZ durante o ano de 2020:

Castrações

Total Animais Agendados …………………….. 3.485

Total Animais Castrados ………………………  3.038

Raticida …………………………………………….. 1.778

Vacinas cães e gatos ……………………………. 2.971

Dengue / Ouvidoria ……………………………….. 611

Obs. Animais agressores ………………………… 514

Vistorias Imóveis Estratégicos – IE – …………. 310

Vistorias Pontos Estratégicos – PE – ………….1.275

Equinos / Obs.Raiva …………………………………. 06

Cobras …………………………………………………… 04

Caramujos ……………………………………………… 45

Escorpiões ………………………………………………126

Galináceos ………………………………………………. 31

Morcegos Orientações ………………………………. 65

Morcegos Captura ……………………………………. 64

Pombos ………………………………………………….. 56

Insetos /Carrapatos ………………………………… 128

Leishmaniose …………………………………………… 69

Arboviroses : Combate às Endemias

Imóveis percorridos …………………………………………. 244.562

Imóveis Trabalhados ………………………………………… 131.605

Arboviroses: Controle de Vetores

Nebulização ……………………………………………………….. 9.820

Vistoria em obras …………………………………………………….. 66

Educação e Comunicação

Eventos e Palestras …………………………………………….. 28.443

Redes Sociais / Acessos …………………………….média   30.000

CCZ ORIENTANDO NOVOS ALUNOS DA UNESP

leave a comment »

Alunos receberem informações sobre os serviços municipais da cidade

Durante a recepção de 200 novos alunos de Biologia, Ecologia e Pedagogia da UNESP, o Centro de Controle de Zoonoses esteve presente no Campus orientando sobre Posse Responsável de Animais, Febre Maculosa e prevenção à arboviroses para as turmas da manhã e noite.

As orientações sobre Posse Responsável de animais visam a diminuição do abandono de animais, como muitas vezes acontecem ao final dos cursos ou férias. Para os que definitivamente querem um bichinho, o CCZ oferece castração gratuita e vacinação antirrábica diariamente.

As informações sobre Febre Maculosa são fundamentais para estes alunos que realizam pesquisas e trabalhos em campo,  consideradas áreas de risco de contato com carrapatos.  O conhecimento sobre a doença e o vetor, faz a diferença para que, se iniciados sintomas , o profissional médico seja avisado sobre o contato e inicie imediatamente tratamento para assim, evitar-se agravamentos ou óbitos.

Outro tema abordado foi a prevenção às arboviroses como: Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela, todas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti . A eliminação de criadouros no Campus e nas repúblicas dos estudantes são ações essenciais para o controle do vetor  e diminuição na utilização de inseticidas que podem prejudicar outras espécies animais que são predadores de mosquitos, tais como: pássaros, lagartixas, aranhas, sapos, etc.

Estes futuros profissionais foram orientados também sobre os serviços públicos municipais.
Sejam bem vindos !

NOVOS SERVIDORES DA SAÚDE PARTICIPAM DE INTEGRAÇÃO

leave a comment »

Servidores contratados por meio de concurso público já tomaram posse dos cargos

 

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Claro realizou na tarde desta quarta-feira (4) reunião de integração com os novos servidores contratados por meio de concurso público. São 70 profissionais em diversas funções que já tomaram posse dos cargos e estão atuando nas unidades de saúde. O prefeito João Teixeira Junior e o secretário municipal de Saúde, Maurício Monteiro, deram as boas vindas aos novos colaboradores.

“Ser funcionário público é uma responsabilidade muito maior do que muita gente pensa, principalmente na saúde. Peço a vocês que atuem a serviço da população, que tratem as pessoas como gostariam de serem tratadas”, disse Juninho aos servidores, lembrando que o acolhimento e um gesto de carinho fazem toda a diferença.

O prefeito lembrou os investimentos feitos pela prefeitura no setor de saúde, sendo R$ 204,4 milhões somente no ano passado. Nos últimos três anos Rio Claro ganhou seis novas unidades de saúde, o Centro de Especialidade Infantil (CEI), novas ambulâncias, três novos aparelhos de raios-x para as unidades de urgência e emergência e mais de 32 mil procedimentos foram realizados no Espaço Mais Saúde, entre outras melhorias.

O secretário destacou a importância de cada servidor, independente de seu campo de atuação, dentro do quadro que compõe a saúde. “Vocês são parte do reforço para o nosso exército de colaboradores. Espero contar com cada um na incorporação de novas práticas que ajudem a melhorar ainda mais os serviços públicos de saúde e, consequentemente, o atendimento à população”, pontuou Monteiro.

Na reunião de integração os servidores discutiram diversos temas como o funcionamento da rede do SUS (Sistema Único de Saúde) e ética profissional. A dengue também foi lembrada com alerta sobre a necessidade de cada um fazer a sua parte no combate ao mosquito Aedes aegypti, adotando rotineiramente medidas preventivas.

Além dos servidores, participaram da reunião a chefe de gabinete da Fundação de Saúde, Eleny Freitas de Almeida; Cristina Guizzo Zaia, diretora de Gestão de Pessoas; Silveli Pazetto, coordenadora do Samu; Solange Marscherpe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e Bruna Oliveira, chefe do Núcleo de Educação em Saúde, Treinamento e Desenvolvimento (NESTD).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: imprensa.rioclaro.sp.gov.br

CCZ NA GUARDA MIRIM

leave a comment »

Na manhã do último sábado, 22, a equipe de Informação do Centro de Controle de Zoonoses de Rio Claro, esteve na sede  da Guarda Mirim, onde funcionários e cerca de 340 jovens assistiram a palestra “Lixo = Bicho” e foram orientados sobre mosquitos, dengue, sinantrópicos e diversas zoonoses agravadas pelo descarte incorreto de lixo.

Segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde , nos dois primeiros meses do ano,  já são 94.149 casos prováveis de dengue  e a confirmação de 14 mortes (AC, MG, SP, PR, DF, MS) com prevalência em idosos e mais de 60 óbitos estão sob investigação. Entre os estados com maior número de casos, estão São Paulo, Paraná, Acre e Mato Grosso do Sul.

Em relação à Chikungunya, foram notificados 3.439 casos prováveis, com maior incidência no Sudeste e Nordeste do país e destaque para os estados do  Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Além da participação efetiva de governos municipais, estaduais e federais  que envolve vigilâncias em saúde, gestão de resíduos sólidos a saneamento, a participação efetiva da população é fundamental na  eliminação diária de criadouros de mosquitos, já que são  80% destes “berços” estão dentro de imóveis habitados.

Parcerias como a  da Guarda Mirim são muito importantes para o conhecimento dos jovens e a multiplicação das informações nos locais de trabalho e com suas famílias.

Nossos agradecimentos à diretoria, funcionários e aos jovens guardas que prestigiaram as palestras em pleno Carnaval.

 

PREFEITURA PROMOVE ENCONTRO DE BRIGADISTAS E LANÇA PROJETO “CAÇA LARVAS” NAS ESCOLAS

leave a comment »

Prefeito Juninho ressalta importância da comunidade na prevenção e combate à dengue

A prefeitura de Rio Claro lançou nesta sexta-feira (14) o projeto “Caça Larvas” nas escolas da rede municipal de ensino. O projeto consiste em realizar jogos utilizando a dinâmica de caçar larvas com o objetivo de incentivar o olhar investigativo dos alunos na procura de criadouros do mosquito. O lançamento foi feito durante o 1º Encontro de Brigadistas Municipais contra o Aedes realizado no auditório do Núcleo Administrativo Municipal (NAM).

São 270 brigadistas em todos os setores municipais; 140  irão colaborar com as ações de prevenção ao mosquito Aedes aegypti nas escolas. “Os brigadistas são representantes dos espaços públicos indicados pela equipe gestora que vão auxiliar no combate ao mosquito”, explica Edison Norberto de Andrade, coordenador de Educação Ambiental da Secretaria da Educação.

O prefeito João Teixeira Junior destacou a importância dos brigadistas e da união de esforços na luta contra o mosquito. “A dengue é um problema de todos e temos que dividir as responsabilidades com a população. Cada um deve fazer a sua parte para eliminar os criadouros e combater o mosquito”, destacou Juninho, que solicitou à comunidade que faça o descarte correto do lixo. “Todos temos direitos e deveres, e devemos cumpri-los. A prefeitura limpa terrenos e faz mutirões, mas de nada adianta se o morador não cuidar do quintal de sua casa e não usar os ecopontos e o sistema de coleta para descartar corretamente os resíduos”, observou.

“A prevenção é a melhor arma para o combate ao Aedes aegypti e às doenças transmitidas por ele”, frisou o secretário municipal de Saúde, Maurício Monteiro, reforçando a importância da conscientização da comunidade. Pedido de colaboração também foi feito pelo vereador Júlio Lopes. “A comunidade tem que colaborar nesse trabalho, inclusive os gestores dos campos distritais”, pontuou.

Também participaram do evento a chefe de gabinete da Fundação Municipal de Saúde, Eleny Freitas de Almeida; o gerente do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Diego Reis; e Solange Marscherpe, chefe de Núcleo do CCZ.

Fonte: Imprensa Oficial Prefeitura Rio Claro