DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘peças

Risco de ataques de escorpiões aumenta com o frio

leave a comment »

Engana-se quem pensa que com a proximidade do inverno, desaparecem os chamados insetos oportunistas, aqueles bichinhos indesejáveis que invadem a casa da gente, se escondem e se tornam uma ameaça à saúde. Assim como gostamos de temperaturas confortáveis, abrigo e comida, escorpiões e aranhas também procuram por lugares mais quentes.

Por conta do frio, os insetos tendem a se esconder nos cantos das casas e dentro de sapatos, casacos e roupas de cama. Por isso, é importante sempre deixar a casa arejada e ter atenção ao pegar peças do vestuário pouco usadas. Outra forma de evitar o abrigo dos escorpiões é não acumular telhas e tijolos empilhados em casa. De janeiro a abril o Centro de Controle de Zoonoses atendeu a 49 solicitações feitas por conta do aparecimento de animais peçonhentos, entre eles o escorpião. Na região de Rio Claro os mais comuns são o amarelo, marrom e o Bothriurus, um escorpião pequeno, escuro e muito presente em dormentes de trilhos.

O escorpião mais perigoso é o amarelo, que causa dor e suor no local da picada, agitação, alterações respiratórias, náuseas e vômitos. Em crianças e pessoas debilitadas pode até levar à morte.

Medidas de prevenção:

– Manter jardins e quintais limpos; evitar o acúmulo de entulhos, folhas secas, lixo doméstico, material de construção nas proximidades das casas; evitar secar roupas no chão ou em cercas e muros.

– Evitar folhagens densas (plantas ornamentais, trepadeiras, arbusto, bananeiras e outras) junto a paredes e muros das casas; manter a grama aparada; limpar periodicamente os terrenos baldios vizinhos, pelo menos, numa faixa de um a dois metros junto das casas;

– Sacudir roupas e sapatos antes de usá-los, pois os escorpiões podem se esconder neles e picar ao serem comprimidos contra o corpo; combater a proliferação de insetos, para evitar o aparecimento de escorpiões que deles se alimentam; verificar a presença de escorpiões em hortifrutigranjeiros e outros produtos;

– Vedar frestas e buracos em paredes, ralos, assoalhos e vãos entre o forro e paredes para impedir o trânsito de escorpiões pela residência.

Encontro em Campinas discute combate à dengue

leave a comment »

Rio Claro e demais municípios da região usam a criatividade para chamar a atenção da população sobre a doença

DSC07938
Um encontro realizado em Campinas reuniu profissionais que realizam atividades de educação e mobilização social no combate à dengue nos municípios pertencentes à regional 5. O evento “O Desafio da Participação Continuada da Sociedade no Controle da Dengue” foi organizado pela Sucen- Superintendência de Controle de Endemias.

Durante o encontro, os participantes tiveram espaço para apresentação oral de trabalhos, peças teatrais, musicais, maquetes e exposição de material DSC07884informativo. A equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Rio Claro apresentou seus bonecos, utilizados nas escolas e nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, jogos e materiais lúdicos que chamam a atenção das crianças e dos adultos. Também fez um relato aos presentes de todas as atividades desenvolvidas pelo IEC, setor de Informação, Educação e Comunicação do CCZ que envolvem palestras, treinamentos e mobilização da comunidade.

A troca de informações entre os profissionais da área trouxe novas ideias que poderão ser utilizadas em ações futuras. Todos ressaltaram o desafio enfrentado atualmente pelos setor de saúde que é conscientizar a população sobre a importância de eliminar o mosquito Aedes aegypti que além da Dengue, transmite a Febre Chikungunya e o Zika Vírus. O IEC destacou ainda o apoio que a Fundação Municipal de Saúde recebe das demais secretarias da administração municipal nas ações desenvolvidas.
DSC07922
DSC07929

DSC07877