DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘situação

Índice larvário continua alto com focos do Aedes em vários bairros

leave a comment »

O Núcleo de Combate a Endemias do Centro de Controle de Zoonoses divulgou na quinta-feira (25) durante reunião do Comitê de Antropozoonoses a mais recente Análise de Densidade Larvária (ADL) registrada em Rio Claro, realizada em abril. Os números refletem a preocupação da Saúde com a quantidade de criadouros existentes na cidade. A ADL apontou índice de 1.8 para o I.B (número de recipientes positivos para o Aedes) e 1.7 para o I.P. (porcentagem de imóveis positivos para o Aedes). Com isso Rio Claro permanece em situação de alerta.

O boletim da Vigilância Epidemiológica registra até o momento 101 casos positivos de dengue. Desses 12 são importados e 82 autóctones. Na reunião foi ressaltada ainda a informação de que o tipo 2 da Dengue já circula no município. “Os números confirmam que, infelizmente, ainda existem muitos criadouros do mosquito dentro das residências, o que reforça a importância da participação da população nesta luta contra a dengue”, observa Maria Clélia Bauer, secretária municipal de Saúde.

De acordo com a Chefe de Núcleo Maria Júlia Guarnieri Baptista, os bairros com concentração maior de casos da doença são Santa Cruz, área central, Bonsucesso, Novo Wenzel. No entanto, ela ressalta que praticamente em todos os setores da cidade há casos positivos da doença. “É preciso mais do que nunca a participação da população para que Rio Claro mantenha a situação sob controle com relação ao número de pessoas infectadas, já que mais uma vez lembramos que a maior parte dos criadouros são encontrados dentro de casa”, afirmou Maria Júlia.

De janeiro até o dia 29 de abril, cerca de  18 toneladas de criadouros foram recolhidas nos bairros durante os 11 mutirões de limpeza realizados aos sábados. O local mais crítico foi no Boa Vista 1 e 2 e Jardim Santa Maria quando no dia 9 de março agentes retiraram 2.430 quilos de inservíveis.

As  próximas ADL´s serão realizadas em julho e outubro.

Anúncios

Agentes concluem mais uma avaliação de densidade larvária

leave a comment »

Resultados podem ser divulgados amanhã e irão mostrar a situação do município no momento com relação ao Índice larvário

Os agentes do Centro de Controle de Zoonoses terminaram nesta quarta-feira (10), mais um trabalho de avaliação de densidade larvária. O resultado que pode ser divulgado nesta sexta-feira vai mostrar como está a situação do município em relação a infestação de larvas do Aedes aegypti.

Esse índice é apurado sempre nos meses de janeiro, julho e outubro, e consiste em oferecer dados para que o município possa traçar estratégias de combate ao mosquito que transmite Dengue, Zika e Chikungunya.

Durante os próximos 15 dias, equipes de agentes estarão nos 4 setores da cidade, em visitas que são aleatórias, na busca por larvas que indiquem a infestação do mosquito. Através desses dados é possível conhecer quais setores estão mais vulneráveis e traçar planos de trabalho de controle do vetor.

Em 2014 o último índice do Breteau apontou 1.1 de infestação de larvas. Em 2015, 1.3 e em 2016, 0.7. Em 2017 o levantamento realizado em outubro revelou um índice de 0,5.  De acordo com a OMS, o número menor que 1 é classificado como tolerável; de 1 a 3,9, situação de alerta; e superior a 4, risco de surto.