DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘terrenos

Palestras ressaltam a importância do descarte correto do lixo

leave a comment »

Idosos aprendem um pouco mais sobre o perigo que trazem os animais peçonhentos atraídos pelo lixo

Além de poluir o solo, causar gastos adicionais na limpeza pública e também provocar inundações com o entupimento de bueiros, o lixo descartado de forma incorreta pode trazer também várias doenças. Muitas delas trazidas por animais como ratos que buscam por alimentos em locais onde há lixo orgânico. No mesmo rastro seguem as baratas que se alimentam daquilo que é jogado fora em terrenos, praças ou até mesmo em áreas de preservação permanente. Predador da barata, os escorpiões surgem e podem invadir as residências colocando toda a família em perigo devido ao veneno que possuem e que pode ser letal em crianças e idosos, principalmente.

Toda essa problemática, que trata do descarte incorreto do lixo, foi passada pelo Centro de Controle de Zoonoses através de palestras solicitadas pela Udam- União de Amigos e pelo Grupo de Veterinários pela Ética. Mais de 190 pessoas receberam orientações sobre o assunto entre jovens e idosos de entidades como o projeto Estação do Bem, Centro de Convivência do Idoso e a própria Udam. Na capela São Luiz Orione, 40 mães atendidas pela Pastoral da Criança no Jardim Conduta puderam também compartilhar de informações sobre o tema.

Informações reforçam nos jovens a questão da responsabilidade no descarte do lixo

 

 

Anúncios

Palestra alerta sobre a relação entre o lixo e as doenças

leave a comment »

educandario 1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Crianças do Educandário Maria Goretti conheceram, por meio de palestra realizada pelo Centro de Controle de Zoonoses, um pouco mais sobre o perigo de descartar lixo em local incorreto. A palestra foi feita a convite do Grupo de Veterinários pela Ética. Além de transformar terrenos e praças em lugar inapropriado para recreação, o lixo serve de alimento para animais como ratos, cobras e escorpiões colocando a saúde da população em risco. Sem contar que potes, copos e plásticos de todo tipo, jogados nesses locais, acabam virando criadouros para o Aedes aegypti, o mosquito que transmite dengue, zika e chikungunya.

Os alunos conheceram maneiras de prevenção contra várias doenças e assim podem repassá-las aos pais garantindo uma melhor qualidade de vida, mantendo o lixo armazenado em local correto. Para ilustrar a apresentação o CCZ expôs aos alunos seu acervo de animais peçonhentos. Os funcionários do educandário também compartilharam dessa experiência. A atividade foi encerrada com o médico veterinário Ricardo Camargo que falou sobre a equoterapia e todos os benefícios que ela pode trazer no tratamento para crianças portadoras de necessidades especiais. As crianças ganharam desenhos relacionados ao tema para pintar.

Funcionários da Agroceres recebem orientações da Zoonoses

leave a comment »

O Centro de Controle de Zoonoses esteve na empresa Agroceres passando orientações aos funcionários sobre formas de prevenção contra doenças transmitidas por ratos e mosquitos. Também foram expostas, durante 3 dias de palestras, maneiras de evitar acidentes com animais peçonhentos como escorpiões e cobras. Muitas das doenças acontecem por conta do armazenamento incorreto do lixo orgânico e devido ao lixo jogado pelas ruas e terrenos da cidade, formando mini-lixões. Nesses locais muitos animais nocivos saem em direção às casas colocando a saúde das pessoas em risco. A Agroceres já possui brigadas de combate para eliminação de criadouros do Aedes aegypti cujas inspeções são realizadas semanalmente.

Termina hoje treinamento com agentes comunitários de saúde

leave a comment »

Agentes Comunitários de Saúde cumprem nesta sexta-feira, dia 22, a última das quatro etapas do treinamento “Discutindo as Novidades no Combate das Arboviroses” no Núcleo Administrativo Municipal (NAM) ministrado pela Chefe de Núcleo de Endemias, Maria Júlia Guarnieri Baptista. Os participantes do treinamento receberão certificado.

Arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, zika vírus, febre chikungunya e febre amarela, transmitidas a partir do mosquito Aedes aegypti. O trabalho dos agentes comunitários junto as famílias, permite a criação de vínculos, facilitando a difusão de informações importantes no controle do Aedes e consequentemente na transmissão de doenças.

Como estamos em época de tempo quente e chuvoso, apropriado para a reprodução do mosquito é preciso muita atenção dentro de casa, buscando por locais que possam servir como criadouro, como plantas aquáticas, vasilhames, pneus e reservatórios de água.

A Secretaria de Saúde reforça o apelo para que a população não descarte lixo em terrenos baldios e locais inapropriados e nem mantenha em casa entulho ou qualquer material que possa acumular água parada, onde se desenvolvem as larvas do mosquito. Mais informações sobre o trabalho dos agentes do Centro de Controle de Zoonoses podem ser obtidas pelo telefone 3523-8663, inclusive aos sábados das 8 às 13 horas.

Agentes Comunitários seguem treinamento para combater o Aedes

leave a comment »

Agentes Comunitários de Saúde cumpriram na última sexta-feira, dia 15, mais uma das quatro etapas do treinamento “Discutindo as Novidades no Combate das Arboviroses” no Núcleo Administrativo Municipal (NAM). A capacitação que termina na sexta-feira dia 22, está sendo ministrada pela Chefe de Núcleo de Endemias, Maria Júlia Guarnieri Baptista. Os participantes do treinamento receberão certificado.

Arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, zika vírus, febre chikungunya e febre amarela, transmitidas a partir do mosquito Aedes aegypti. O trabalho dos agentes comunitários junto as famílias, permite a criação de vínculos, facilitando a difusão de informações importantes no controle do Aedes e consequentemente na transmissão de doenças.

Como estamos em época de tempo quente e chuvoso, apropriado para a reprodução do mosquito é preciso muita atenção dentro de casa, buscando por locais que possam servir como criadouro, como plantas aquáticas, vasilhames, pneus e reservatórios de água.

A Secretaria de Saúde reforça o apelo para que a população não descarte lixo em terrenos baldios e locais inapropriados e nem mantenha em casa entulho ou qualquer material que possa acumular água parada, onde se desenvolvem as larvas do mosquito. Mais informações sobre o trabalho dos agentes do Centro de Controle de Zoonoses podem ser obtidas pelo telefone 3523-8663, inclusive aos sábados das 8 às 13 horas.

 

SECRETARIAS MUNICIPAIS EM TRABALHO CONJUNTO PELA SAÚDE

leave a comment »

O Centro de Controle de Zoonoses, através do departamento de IEC – Informação, Educação e Comunicação, juntamente com a Sepladema, realizaram nesta manhã  uma ação visando esclarecer os moradores do CDHU no bairro Santa Elisa, sobre a necessidade do descarte de lixo em locais e horários corretos.

Foram fixados cartazes nos prédios e  lixeiras, distribuídos folhetos e a passagem  do carro de som  informava sobre os perigos do lixo em ruas, terrenos e bueiros que acaba atraindo ratos, baratas, animais peçonhentos, além de doenças como dengue, leptospirose, entre outras.

Ações coordenadas como esta são fundamentais para informação aos moradores,  valorizando  o condomínio, o bairro e principalmente a saúde de todos.

A colaboração de todos os munícipes, com  novos hábitos é fundamental para que  consigamos manter limpos nossos bairros e nossa cidade.

Ingrid e Edson (2)

CCZ SEPLADEMA 06 14 (9)

Jessica e Glauco