DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘venenos

Profissionais do CCZ participam de webconferência sobre escorpiões

leave a comment »

Funcionários do Centro de Controle de Zoonoses  (CCZ)    participaram na     quinta-feira  (4)     de uma webconferência transmitida por profissionais de Vigilância em Saúde, entre eles Fan Hui Wen, gestora do Núcleo Estratégico de Venenos e Antivenenos do Instituto Butantan.

Um dos assuntos abordados foi a situação dos soros antivenenosos, cuja produção está sendo feita de maneira racional desde fevereiro de 2016, quando o Instituto Butantan passou a seguir padrões de boas práticas de fabricação, exigidas pela Anvisa. No Butantan, a fonte para a produção do soro são cerca de 15 mil desses aracnídeos, todos alimentados em cativeiro. A webconferência também abordou o manejo do escorpião e a retirada de seu veneno para a fabricação do soro.

Outro assunto destacado foi a capacitação de profissionais da área da saúde para identificar a gravidade do paciente picado por um escorpião. Casos identificados como leves, os soros não são administrados. Somente em 2017 os acidentes com escorpiões foram responsáveis por 184 mortes no Brasil. Desmatamento, queimadas e o acúmulo de lixo são apontados como causas da infestação desses aracnídeos.

CURSO DE RECONHECIMENTO DE ANIMAIS PEÇONHENTOS

leave a comment »

Funcionários do CCZ realizam curso de reconhecimento de Animais Peçonhentos

 

 

Peçonhentos Sind Rural (16)Peçonhentos Sind Rural (28)

 

 

Nos dias 30 e 31 de Julho, o Sindicato Rural de Rio Claro realizou curso de reconhecimento de Animais Peçonhentos para funcionários da área de saúde de Limeira ,  Agentes de Combate às Endemias, Bióloga e IEC do Centro de Controle de Zoonoses de Rio Claro. O curso foi ministrado pelo médico veterinário Daniel Cecchi Vieira.

Além do conhecimento das espécies , a importância e perigos que cada uma oferece, foram expostos os efeitos e sintomas das picadas, tratamentos e as ações preventivas.

Estas informações são de suma importância para um melhor atendimento à população, auxiliando o reconhecimento imediato do animal ou acidente e um rápido socorro, o  que pode ser a diferença para evitar-se o agravamento dos ferimentos ou mesmo de óbitos.

A solicitação de atendimento e recolhimento deve ser realizada através do telefone 156.

Peçonhentos Sind Rural (24)