DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘Zika Virus

ZOONOSES MINISTRA PALESTRA PARA BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR

leave a comment »

O 37º Batalhão da Polícia Militar do Interior recebeu  Solange Mascherpe, representante do setor de educação e informação do Centro de Controle de Zoonoses que ministrou a palestra : Lixo = Bicho – Animais e doenças relacionadas pelo descarte incorreto de lixo.

Os profissionais militares  trabalham pelas ruas e além dos perigos cotidianos da profissão, muitas vezes são obrigados a entrar em áreas com  risco de encontrar animais peçonhentos, ratos, carrapatos, mosquitos transmissores de doenças, entre outras adversidades.

A palestra esclarece sobre  animais relacionados ao descarte incorreto de resíduos  e as diversas doenças, sintomas e ações preventivas que estes profissionais poderão utilizar em seu cotidiano e também levar as informações recebidas para suas famílias.

Nossos agradecimentos ao comando da corporação e ao efetivo da Unidade pela receptividade e oportunidade do compartilhamento destes conhecimentos.

 

EPTV REALIZA CAMPANHA REGIONAL CONTRA O AEDES AEGYPTI

leave a comment »

A preocupação com o mosquito Aedes aegypti  é constante, agravando-se durante o verão, onde são registrados  dias mais quentes e com chuvas, o que proporciona um aumento de  criadouros  e a diminuição de seu ciclo.

Visando um grande movimento regional para conscientizar as populações e conter a proliferação deste mosquito, a EPTV irá realizar a 4ª Campanha Regional de Combate ao Aedes aegypti com a participação de vários municípios simultaneamente.

Segundo André Luís Martins de Oliveira – Relações Institucionais e Eventos : “O objetivo da nossa campanha é criar um dia de envolvimento regional, com a participação de todas as cidades da área de cobertura da EPTV, para a realização de um mutirão de combate aos criadouros e a proliferação do mosquito Aedes aegypti.”

Em  reunião realizada para apresentação dos  detalhes desta operação, o município de Rio Claro , esteve representado pela  Sra. Paula Kannebley, Diretora de Vigilâncias, Sr. Diego Reis, Gerente do Centro de Controle de Zoonoses  e Sra. Maria Julia Guarnieri, Chefe de Núcleo de Combate às Endemias.

Ações  contra o mosquito e  às arboviroses transmitidas  devem ser realizadas diariamente   :  elimine locais com água parada; coloque cloro em canaletas, ralos; não jogue lixo em ruas e terrenos. Colabore !

E.M. SUELI PRONI TRABALHANDO CONTRA MOSQUITOS

leave a comment »

A Escola Sueli Proni sabendo da importância da informação  correta para a prevenção de doenças como Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela convidou o setor de informação e educação do Centro de Controle de Zoonoses para palestras sobre o mosquito Aedes aegypti.

As crianças participaram com questionamentos e histórias que vivenciam em suas casas e agora levarão as informações recebidas para toda a família.

Única forma eficaz de diminuir o perigo de contrair estas doenças é evitar que mosquitos nasçam.

Elimine criadouros diariamente: qualquer local ou quantidade de água parada.

 

EDUCANDÁRIO MARIA GORETTI RECEBE CCZ

leave a comment »

Alunos e funcionários do Projeto Educandário Maria Goretti, receberam, equipe do Centro de Controle de Zoonoses para palestras sobre o mosquito Aedes aegypti.

Orientações sobre descarte correto de lixo e criadouros de mosquitos foram o foco das palestras realizadas.

A conscientização e o trabalho conjunto de toda população, é a única forma eficaz de combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela.

 

DIA DAS MÃES

leave a comment »

CCZ orienta sobre criadouros nos cemitérios

A Fundação Municipal de Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses estará  orientando os visitantes nos cemitérios  da cidade em relação às embalagens plásticas que envolvem os vasos de flores e que servem de criadouros do mosquito da Dengue.

É importante  a população ter consciência que estas embalagens, assim como os pratinhos de plantas são reservatórios de água e acabam criando as larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor  da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela.

Mesmo as embalagens “amarradas” servem de criadouros.

Os ovos dos mosquitos podem ficar até 450 dias no seco. Um ano e meio depois de depositados, ao terem contato com água, eles eclodem em apenas dois minutos.

Jogar o lixo nos locais adequados e não deixar acumular água são ações  simples e eficazes para evitarmos uma epidemia em nossa cidade.

Ao homenagear as mães neste domingo, colabore retirando as embalagens plásticas dos vasos que acabam competindo com a beleza das flores e principalmente, retendo água e servindo  de “berço” para o mosquito Aedes aegypti.

Boneco alerta público sobre o Aedes na chegada da tocha olímpica

leave a comment »

20.07.16 (25)

O público que compareceu ao estádio municipal Augusto Schmidt Filho na última quarta-feira (20) para aguardar a chegada da tocha olímpica, foi surpreendido com a presença do boneco que representa o agente de combate a endemias. Aproveitando o grande número de pessoas presentes, o Centro de Controle de Zoonoses levou o bonecão para lembrar que o mosquito Aedes aegypti não desapareceu com o inverno. Ele continua transmitindo Dengue, Chikungunya e Zika Vírus em todo o país.

Em Rio Claro, os últimos números divulgados pela Vigilância Epidemiológica mostram que 92 pessoas contraíram a Dengue este ano. Os casos de Chikungunya somam 8. Por enquanto o município não registrou casos de Zika Vírus.

Principalmente as crianças, que estavam acompanhadas dos pais no estádio, gostaram da presença do boneco e com ele levantaram uma réplica da tocha olímpica, demonstrando que estão participando da batalha conta o mosquito.

20.07.16 (13)                                                  20.07.16 (16)   20.07.16 (35)


CCZ adota medidas de combate ao Zika Vírus

leave a comment »

A microcefalia em recém-nascidos ocasionada pela contaminação da gestante pelo Zika Vírus, assustou o país. A doença que até então demonstrava apresentar apenas sintomas leves, sem grandes consequências, passou a ser uma ameaça para as grávidas. Surgiu então o Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia. Nele o governo relacionou uma série de medidas, entre elas, intensificar a campanha de combate ao mosquito de dezembro de 2015 a junho de 2016, inspecionar todos os domicílios e instalações públicas e privadas urbanas até 31 de janeiro de 2016, por meio de força-tarefa com a participação de agentes de combate a endemias, agentes comunitários de saúde, forças armadas, defesa civil, bombeiros e policiais militares e realizar inspeções mensais até fevereiro e bimestrais, de março a junho de 2016, por meio de força-tarefa.

Em Rio Claro o Centro de Controle de Zoonoses já deu início às ações. As imobiliárias da cidade estão sendo contatadas para que recebam orientações sobre o combate ao mosquito. Corretores de imóveis são uma das peças-chave desse enfrentamento já que estão diariamente em contato com imóveis fechados, locais onde pode haver focos do Aedes. Em uma das apresentações feitas pelo IEC ficou evidente a importância da participação desse setor nas ações da Zoonoses. Entre as recomendações feitas aos corretores estão os cuidados com caixas d´água, ralos externos, calhas e piscinas dos imóveis que estão em negociação.

dengue 07 12 15 (7)Nas floriculturas as orientações se concentram na drenagem dos vasos e floreiras, para que a água não se acumule. Em algumas plantas, como a bromélia, atenção especial, por reter a água em seu interior.

 

A preocupação se estende na venda das plantas ao consumidor que deverá ser orientado a não transformar o vaso em um criadouro. Para isso a Fundação Municipal de Saúde produziu um adesivo que passará a ser entregue ao cliente no ato da venda.

Lançado em Rio Claro o Plano de Ação contra o Aedes aegypti para 2016

leave a comment »

DSC08271Foi lançado nesta terça-feira (29) no salão de audiências do gabinete do prefeito o Plano de Vigilância, Controle e Assistência à Dengue, Chikungunya e Zíka Vírus 2016. O documento sintetiza todos os procedimentos vigentes e traz informações detalhadas sobre as estratégias de enfrentamento que serão realizadas por vários setores da Fundação Municipal de Saúde.

O Plano estabelece a atuação da Atenção Básica, das unidades de emergência, setor administrativo e de educação, todos com suas tarefas independentes, porém agregadas no combate ao mosquito transmissor.

A dengue é uma doença que mata e, portanto, todo cuidado se torna necessário para a prevenção e eliminação de criadouros do mosquito transmissor. A população tem um papel fundamental nesse trabalho, pois deve monitorar diariamente seu quintal para evitar água parada.

DSC08275

DSC08264DSC08268

 

Encontro em Campinas discute combate à dengue

leave a comment »

Rio Claro e demais municípios da região usam a criatividade para chamar a atenção da população sobre a doença

DSC07938
Um encontro realizado em Campinas reuniu profissionais que realizam atividades de educação e mobilização social no combate à dengue nos municípios pertencentes à regional 5. O evento “O Desafio da Participação Continuada da Sociedade no Controle da Dengue” foi organizado pela Sucen- Superintendência de Controle de Endemias.

Durante o encontro, os participantes tiveram espaço para apresentação oral de trabalhos, peças teatrais, musicais, maquetes e exposição de material DSC07884informativo. A equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Rio Claro apresentou seus bonecos, utilizados nas escolas e nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, jogos e materiais lúdicos que chamam a atenção das crianças e dos adultos. Também fez um relato aos presentes de todas as atividades desenvolvidas pelo IEC, setor de Informação, Educação e Comunicação do CCZ que envolvem palestras, treinamentos e mobilização da comunidade.

A troca de informações entre os profissionais da área trouxe novas ideias que poderão ser utilizadas em ações futuras. Todos ressaltaram o desafio enfrentado atualmente pelos setor de saúde que é conscientizar a população sobre a importância de eliminar o mosquito Aedes aegypti que além da Dengue, transmite a Febre Chikungunya e o Zika Vírus. O IEC destacou ainda o apoio que a Fundação Municipal de Saúde recebe das demais secretarias da administração municipal nas ações desenvolvidas.
DSC07922
DSC07929

DSC07877