DENGUE: SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR

Posts Tagged ‘criadouros

Mais de 1 tonelada e meia de criadouros é retirada em mutirão

leave a comment »

O mutirão realizado no último sábado (13) pelo Centro de Controle de Zoonoses no bairro Bonsucesso recoheu 1 tonelada e mais 730 quilos de criadouros do mosquito Aedes aegypti . Com  isso, somente neste ano de 2019 foram retirados de casas, terrenos, calçadas e praças da cidade mais de 15 toneladas de inservíveis. Além do caminhão Cata Bagulho da Secretaria de Meio Ambiente, que deu apoio à ação, a Zoonoses utilizou também caminhonetes para conseguir recolher tanto material. O alerta continua para todos. Material que pode ser reciclado deve ser levado aos ecopontos da cidade ou podem ainda ser levados pelo caminhão Cata Bagulho que possui um cronograma de trabalho abrangendo toda a cidade. O município continua em situação de alerta para a dengue. Os números mais recentes divulgados pela Vigilância Epidemiológica apontam para 72 casos de dengue em Rio Claro.

Anúncios

SESI RIO CLARO RECEBE ORIENTAÇÕES DO CCZ

leave a comment »

Densidade larvária e epidemia de Dengue em cidades próximas, aumentam preocupações e orientações.

Com grande número de criadouros e larvas nas residências, o município encontra-se em estado de Alerta para o perigo de nova epidemia.

O Centro de Controle de Zoonoses tem realizado além de seus trabalhos diários, mutirões nos finais de semana para auxiliar moradores na retirada de criadouros de mosquitos em  suas casas, ruas e terrenos.

Os trabalhos informativos como  palestras,  tem sido ampliados nos  locais com grande circulação de pessoas como: escolas, hospitais, cemitérios, empresas. Nestes locais, as equipes de limpeza são  grandes parceiras no  auxílio para eliminação de locais com água parada.

Atendendo solicitação do setor de informação e educação do CCZ, o SESI Rio Claro convocou funcionários das equipes de Manutenção, Cozinha, Esporte / Lazer, Cultura e Pedagógico para  palestra sobre o  Aedes aegypti que foi realizada pela chefe de núcleo de zoonoses, Solange Mascherpe, sobre o vetor, criadouros, doenças, sintomas e prevenção.

Novas palestras serão agendadas para alunos da instituição.

Esta parceria é fundamental para o controle do mosquito e assim, evitar-se novas epidemias.

 

CCZ ORIENTA FUNCIONÁRIOS DA SANTA CASA

leave a comment »

Com o índice larvário colocando o município em estado de Alerta e a circulação do vírus Den2 na região,  é grande a preocupação e muitas ações estão sendo realizadas na tentativa de evitar-se novas epidemias.

Além dos trabalhos diários como vistorias, visitas casa a casa, palestras, treinamentos, nebulizações; o Centro de Controle de Zoonoses tem intensificado suas orientações em locais onde são registrados positividade de larvas do Aedes aegypti, doentes ou  lugares com grande circulação de pessoas.

Funcionários de escolas, projetos, prédios públicos e privados tem recebido orientações para eliminação  criadouros de mosquitos e consequentemente, das doenças por eles transmitidas.

Cerca de 60 trabalhadores dos turnos da manhã, tarde e noite do setor de Higiene da Santa Casa de Misericórdia de Rio Claro, receberam informações preventivas sobre o vetor e as doenças. Esta parceria com os funcionários que trabalham na área de limpeza, é fundamental para o sucesso na eliminação de criadouros nestes locais.

Nossos agradecimentos à administração que prontamente atendeu nossa solicitação para estas orientações.

 

Novo índice larvário mantém Rio Claro em alerta contra o Aedes

leave a comment »

A mais recente Análise de Densidade Larvária realizada em janeiro pelo Centro de Controle de Zoonoses mostrou que o município de Rio Claro permanece em estado de alerta contra o Aedes aegypti.  O levantamento, feito nos primeiros dias do ano, teve índice de 1.6 o que significa dizer que a vigilância com relação à reprodução do mosquito precisa ser mantida e intensificada.

A região com maior número recipientes com larvas positivas para o Aedes é a área 4, na zona oeste da cidade onde estão localizados os bairros Bonsucesso, Novo Wenzel, Jardim Guanabara, Jardim Brasília, Palmeiras e todos os adjacentes, até o Distrito de Assistência.  Nesses locais a Zoonoses tem realizado vários mutirões aos sábados para a retirada de criadouros em quintas e terrenos. Ainda assim o mosquito encontra espaço para se reproduzir.

Por este motivo a recomendação do Centro de Controle de Zoonoses é para que todos se conscientizem sobre a gravidade dos vírus transmitidos pelo Aedes aegypti. Dengue, Zika e Chikungunya atacam o organismo e podem levar o paciente a óbito ou deixar sequelas graves. É importante que todo recipiente que possa acumular água seja descartado ou colocado em local coberto. Os trabalhos casa a casa dos agentes continuam sendo realizados todo dia em bairros de diferentes pontos da cidade. As orientações precisam ser seguidas para que Rio Claro não tenha um avanço nos números de casos de Dengue e Chikungunya.

São Paulo lança plano estadual de combate à dengue

leave a comment »

Campanha em rodovias e nos municípios irá alertar sobre o risco oferecido pelo mosquito e convocará população a participar das ações

 

O Governador do Estado anunciou uma campanha de combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue,  chikungunya e zika vírus. Entre as ações de destaque do Plano Estadual está a campanha publicitária da Secretaria de Comunicação (Secom) para alertar a população sobre o risco oferecido pelo mosquito, assim como a importância da participação popular na prevenção.

A campanha publicitária terá uma identidade visual criada especialmente para esta ação. Além das mídias tradicionais de rádio e televisão, a campanha vai considerar as mídias digitais,  como Facebook, Instagram, Twitter e WhatsApp, que terão conteúdo voltado ao tema. Para facilitar as ações de campo coordenadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), também serão providenciados materiais impressos sobre prevenção ao Aedes.

A Secretaria da Saúde preparou uma mobilização para fevereiro para envolver a sociedade e os municípios em torno da necessidade de eliminação de focos do mosquito. Entre 11 e 16 de fevereiro será realizada a Semana Especial, em parceria com os municípios, com ações coletivas, como arrastões, limpezas e eliminação de criadouros, além de distribuição de materiais informativos.

O plano prevê ações integradas com outras pastas e órgãos estaduais, como Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), que fará a distribuição de panfletos em algumas praças de pedágio, além de inserir mensagens de orientação sobre combate ao Aedes nos letreiros das rodovias.

Ações de conscientização

Também está previsto para o dia 13 de fevereiro o “Dia D” de limpeza nas margens das rodovias para retirada de pneus, entulhos e outros itens que podem ser potenciais criadouros do mosquito.

Agentes da Defesa Civil farão, ao longo de fevereiro, ações especiais com profissionais da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) em cidades consideradas prioritárias, de acordo com os índices de infestação.

Em 16 de fevereiro, as Secretarias da Saúde e do Meio Ambiente farão uma ação de combate contra o Aedes aegypti e de conscientização nos parques estaduais, com apoio da Sucen e distribuição de materiais informativos.

Em parceria com a Educação, será realizado em fevereiro o Dia Especial de combate ao mosquito nas escolas estaduais, com mobilização dos alunos para “caça” a possíveis criadouros. A Secretaria da Saúde estuda, ainda, a criação de um “selo de qualidade” a ser entregue aos municípios que reduzirem ou mantiverem índices de infestação de larvas do mosquito em níveis satisfatórios.

ZOONOSES MINISTRA PALESTRA PARA BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR

leave a comment »

O 37º Batalhão da Polícia Militar do Interior recebeu  Solange Mascherpe, representante do setor de educação e informação do Centro de Controle de Zoonoses que ministrou a palestra : Lixo = Bicho – Animais e doenças relacionadas pelo descarte incorreto de lixo.

Os profissionais militares  trabalham pelas ruas e além dos perigos cotidianos da profissão, muitas vezes são obrigados a entrar em áreas com  risco de encontrar animais peçonhentos, ratos, carrapatos, mosquitos transmissores de doenças, entre outras adversidades.

A palestra esclarece sobre  animais relacionados ao descarte incorreto de resíduos  e as diversas doenças, sintomas e ações preventivas que estes profissionais poderão utilizar em seu cotidiano e também levar as informações recebidas para suas famílias.

Nossos agradecimentos ao comando da corporação e ao efetivo da Unidade pela receptividade e oportunidade do compartilhamento destes conhecimentos.

 

CCZ ORIENTA GUARDA MIRIM SOBRE LIXO E BICHOS

leave a comment »

O Centro de Controle de Zoonoses através do setor de educação e informação, esteve na sede da Guarda Mirim no último sábado, 26, ministrando a palestra: Lixo = Bicho – Animais e doenças relacionadas ao descarte incorreto de lixo.

Cerca de 300 jovens conheceram os problemas com mosquitos, ratos, animais peçonhentos, doenças relacionadas como:  Dengue, Chikungunya, Leptospirose, entre outras e o agravamento com o descarte incorreto de resíduos em ruas, terrenos e quintais.

O conhecimento e conscientização da população é fundamental para a diminuição destes problemas para a saúde pública.

Estes jovens  trabalham em orgãos públicos , empresas e poderão repassar as informações recebidas ao público que atendem e familiares.

Nossos agradecimentos à direção e ao público presente e novas palestras já estão sendo agendadas.